Caraguatatuba Cidades Notícias

Pioneira Saneamento divulga nota sobre investigação de desvio de dinheiro público em Caraguatatuba

Este mês, em atuação conjunta da Promotoria de Justiça de Caraguatatuba e Polícia Civil, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na prefeitura do município, na Secretaria de Serviços Públicos e em endereços ligados a ex-prefeito e a outras oito pessoas. Investigações apontaram que os alvos da operação são envolvidos em esquema que visa ao desvio de recursos públicos por meio de contratos entre a empresa Pioneira Saneamento e a Prefeitura de Caraguatatuba. Também atendendo a pedido do MPSP e da autoridade policial, a Justiça determinou a quebra de sigilo de dados armazenados em telefones celulares, tablets, computadores e similares apreendidos.

De acordo com a Promotoria, representação apresentada pela Polícia Civil na Operação batizada de Ozymandias aponta para a “atuação de uma organização criminosa voltada à prática de crimes perpetrados contra o erário, consistente em fraudes relacionadas às medições e prestação de serviços contratados por meio de licitação que apresenta fortíssimos indícios de desvio de verbas em favor de funcionários públicos”.

Ao determinar a expedição dos mandados de busca e apreensão, o Judiciário levou em conta as suspeitas de que os pagamentos ocorriam mensalmente e superavam o valor de R$ 900 mil. A ação tramita em segredo de Justiça.

A empresa Pioneira Saneamento enviou a seguinte nota sobre o caso: “Sobre as notícias relativas à Operação Ozymandias da Polícia Civil e do Ministério Público, a Pioneira Saneamento esclarece que ainda não teve acesso a todo material dos autos da investigação, mas já está adotando todas as medidas jurídicas cabíveis para provar sua lisura no cumprimento do contrato e na interação com o Poder Público e seus representantes.”