Cidades Notícias Ubatuba

Prefeita eleita de Ubatuba, Flávia Pascoal nomeia equipe que fará transição de governo

A partir de 1º de janeiro, Flávia Pascoal (PL) assumirá como prefeita de Ubatuba, tendo como vice o Marcinho da Aciu (PSB). Porém, o processo de transição político-administrativa entre a atual gestão e a eleita já começou.

A transição de governo é o procedimento institucionalizado que consiste na passagem do comando político de um mandatário para outro com objetivo de assegurar a este o recebimento de informações e dados necessários ao exercício da função ao tomar posse.

Tanto a prefeita eleita Flávia quanto o prefeito Sato (PSD) já indicaram os nomes da equipe de transição, que iniciaram os trabalhos esta semana.

Entre os treze indicados de Flávia, três foram candidatos a vereador mas não foram eleitos: Thiago Gigliotti (PSB) que teve 456 votos, Fatinha Barros (PL) que teve 308 votos  e Tati do Postão (PL) que teve 255 votos. Os outros dez nomes são: Sheila da Silveira Barbosa, Ralph Luiz de Carvalho Solera Soares, Ana Márcia Yuriko Takano, Yan Ferreira Martins, Thaila Aparecida Diniz Brito Domingos, Maria Paula Antunes Vieira, Lucas Gustavo Ferreira Castanho, Luiz Augusto Martins Rocha, Luiz Fernando da Cruz e Alexandre Augusto Ferrazzo Pastro.

Entre os sete indicados por Sato, chama a atenção a ausência de um representante da pasta da saúde. Foram nomeados Allanderson Fonseca da Silva (Secretário de Administração e coordenador da equipe de transição), Nilza Ferreira Ricardo (Secretária Adjunta de Fazenda), André Gregório de Oliveira (Secretário de Assuntos Jurídicos), Jailton dos Santos (Secretário de Relações Federativas), Wanderley Sebastião Leite de Araújo (Secretário de Governo), Alethea Paula de Souza Ageu (Secretária de Fazenda) e Pollyana Fátima Gama Santos (Secretária de Educação).

A transição termina em 31 de dezembro de 2020. A sala da Diretoria Administrativa da Secretaria Municipal de Administração foi disponibilizada para a realização dos trabalhos pela equipe de transição da futura prefeita.

Segundo decreto do prefeito Sato, os titulares das secretarias e demais órgãos da administração pública municipal são obrigados a fornecer os dados e as informações que forem solicitados pelo coordenador da atual gestão e deverão ser fornecidas em tempo célere e com necessária precisão.

A equipe de transição que representa a atual gestão deverá elaborar relatório detalhado à equipe de transição nomeada pela prefeita eleita, contendo os dados e informações administrativas, contábeis e financeiras da prefeitura.

A equipe de transição representante da futura gestão não pode retirar das dependências dos órgãos e entidades municipais, ainda que por breve espaço de tempo, quaisquer arquivos, documentos, processos e equipamentos de propriedade do município. É permitida a extração de cópias e fotografias para melhor análise da documentação apresentada.

*Texto: Tamoios News, com informações do Decreto Municipal 7483/2020