Cidades Notícias São Sebastião

Prefeito Felipe Augusto penaliza vizinhos da proprietária do Tamoios News devido a matérias publicadas

Preocupados com a situação das ruas do bairro, moradores de Barequeçaba, em São Sebastião, procuraram o prefeito Felipe Augusto (PSDB) para pedir a pavimentação das vias, destacando a necessidade de arrumar um perigoso buraco causado por erosão.

Segundo os moradores, o prefeito teria perguntado se tratava-se da rua onde reside a proprietária do portal Tamoios News, Traud Rennert. Eles confirmaram que sim e o prefeito então teria afirmado que não arrumaria as vias por causa de matérias publicadas no portal que o desagradam.

Como exemplo, ele teria mostrado a matéria intitulada “Confira sugestões da sociedade civil para a Lei de Uso e Ocupação do Solo de São Sebastião”, publicada em 6 de outubro.

Para a produção do texto, foram entrevistados representantes de organizações da sociedade civil, como a Federação Pró Costa Atlântica, a Associação de Surf Cultura e Ambiente de Camburi (ASCAM), o Instituto Terra & Mar, além do vereador André Luís Rocha Pierobon (MDB). Ou seja, a matéria que teria incomodado o prefeito apenas registra as demandas da sociedade a respeito das mudanças que devem ocorrer na Lei de Uso e Ocupação do Solo.

Indignada com a atitude do prefeito de penalizar sua vizinhança, a proprietária do portal Tamoios News, Traud Rennert, registrou um boletim de ocorrência e pediu ao vereador Pierobon que tornasse pública sua carta, o que foi feito na sessão da Câmara ontem (13).

Na tribuna, Pierobon disse: “Agora, eu gostaria de me posicionar de uma maneira bastante comovida e triste, pela carta de uma leitora que eu recebi, e eu gostaria de aqui trazer aos colegas para conhecimento.”

Em seguida, ele leu a carta escrita por Traud Rennert, reproduzida abaixo na íntegra:

Prezado Vereador, estou vivendo uma ditadura política na cidade de São Sebastião, a todo momento eu e minha empresa Tamoios News somos atacadas pelo Prefeito Felipe Augusto.

A casa do meu sítio no Sertão de Barra do Una, que comprei em 1993, foi demolida pela prefeitura, segundo os vizinhos. Sendo que não havia nenhuma ação judicial.

Em uma de suas várias lives se dirigiu a minha pessoa como mentirosa, me chamou até de criminosa e mencionou matérias que elaboramos sobre as mudanças que ele fez no Plano Diretor, sem que a população soubesse ou tivesse solicitado.

Nossas matérias não expressam meu pensamento ou de qualquer jornalista que trabalha no Tamoios News, nós damos voz aos munícipes que relatam problemas ou irregularidades na cidade e todas são documentadas.

Em uma entrevista na Rádio Antena 8, me chamou de pseudo jornalista, que me baseio em mentiras, que sou mal falada e tenho uma história ruim no município.

A prefeitura não responde aos questionamentos do Tamoios News para elaboração das matérias e depois de publicadas fazem montagem como Fake News!

Alguns empresários da cidade disseram que o prefeito os proíbe de fazer publicidade na minha empresa Tamoios News.

E agora ele está tentando colocar meus 31 vizinhos contra mim!

Alguns moradores foram na prefeitura solicitar melhorias para as ruas que dão acesso as várias residências, inclusive a minha, que estão intransitáveis, com uma grave erosão que já atingiu o asfalto, e o prefeito Felipe Augusto disse que essas ruas não serão pavimentadas devido a matéria que fizemos sobre as propostas da sociedade civil na consulta pública da Lei de Uso e ocupação do Solo!

Essa atitude caracteriza cerceamento da liberdade de expressão e perseguição política.

Penalizar meus vizinhos por uma matéria que fala sobre as propostas da lei de Uso e Ocupação do Solo, mostra claramente que tem algo obscuro por trás dessa equipe que foi constituída apenas com a Associação dos Arquitetos e Engenheiros, Crea e prefeitura!

Popularmente falando “é o Lobo tomando conta do galinheiro”!