Cidades Notícias

Produção de artesanato nos presídios de SP será vendida em e-commerce

Uma iniciativa inovadora no sistema prisional brasileiro permite que pessoas de qualquer lugar do Brasil possam adquirir os produtos confeccionados por meio dos programas de reintegração social desenvolvidos nos presídios paulistas.

A disponibilidade dos produtos em meio digital coloca a inovação tecnológica à serviço da reintegração social, contribuindo para a expansão do número de postos de trabalho dentro das unidades prisionais e promovendo a economia criativa como forma de retorno sadio ao convívio social.

A plataforma foi desenvolvida pela Fundação “Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel” – Funap, órgão vinculado à Secretaria da Administração Penitenciária e responsável pela elaboração e execução de políticas públicas que promovam a reintegração social dos apenados, como forma de dar continuidade aos trabalhos de comercialização dos produtos durante a pandemia de Covid-19, que restringe a possibilidade de compras presenciais.

Na primeira fase de implantação do e-commerce, estão disponíveis mais de 40 artigos de artesanato de diversas linhas, como patchwork, bordado, crochê, entre outros, com preços a partir de R$ 5.

Todos os itens são produzidos nas oficinas do Programa ARCOS – Escola de Empreendedorismo em Arte, que oferecem aos participantes capacitação profissional, geração de renda e a possibilidade de remição de pena, além de proporcionar aos reeducandos a participação de rotinas saudáveis de trabalho, aprendizado e convivência.

Além disso, o e-commerce também disponibiliza, a preços acessíveis, máscaras de proteção descartáveis, máscaras reutilizáveis e protetores faciais do tipo face shield que, assim como os itens de artesanato, são produzidos em oficinas da Funap que viabilizam postos de trabalho aos reeducandos.

No momento, a plataforma possibilita a realização de pagamentos via cartão de crédito, com todos os certificados necessários para a realização de transações eletrônicas completamente seguras e já está disponível ao público por meio do endereço www.funap.com.br.

*Fonte: Governo do Estado de SP