Cidades Notícias

Sem obras de contenção do talude, Tamoios tem desvio no km 52 há 5 anos

O desvio existente há anos no km 52 da rodovia dos Tamoios segue incomodando motoristas que utilizam a pista em direção ao litoral. A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP) afirma que aguarda a concessionária Tamoios entregar o projeto para obras de contenção do talude no local do desvio. A concessionária Tamoios diz que a responsabilidade pelas obras do trecho é do Governo do Estado. 

Para Sergio Longo, usuário da rodovia, a demora na recuperação da via é um “desrespeito aos usuários, que inclusive pagam pedágios”. Outro usuário da Tamoios que reclama da situação é Marco Pimenta. Ele considera que o desvio coloca os usuários em risco e também se queixa da falta de prazo para uma resolução. “Continuamos a pagar pedágios”, destaca. O morador de Caraguatatuba Wanderley Aparecido de Souza, se queixa que os desvios no km 52 já duram 5 anos e colocam em risco motoristas à noite e em dias de chuvas, com trechos suscetíveis à aquaplanagem.

A ARTESP informou que autorizou a concessionária Tamoios a desenvolver o projeto para obras de contenção do talude no km 52. “Tão logo seja encaminhado, a equipe técnica tomará as medidas necessárias para análise e aprovação do projeto. O cronograma das intervenções será definido após conclusão desta etapa”, disse em nota a ARTESP.

A concessionária Tamoios afirmou que tem todo o interesse em resolver as questões relacionadas ao km 52 da rodovia e tem trabalhado para prover segurança e atenuar eventuais transtornos. 

Segundo a concessionária, em janeiro de 2020 foi assinado um termo junto ao Estado de São Paulo e ARTESP tendo como interveniente o DER, que entre outros assuntos, culminou num procedimento arbitral, onde o Governo do Estado assumiu a responsabilidade pelas obras do trecho do km 52.

A Tamoios disse que vem colaborando com a ARTESP na busca da solução, que será coordenada pelo Poder Concedente. A concessionária salienta que, apesar dos transtornos, o local atende às normas rodoviárias de segurança vigentes.