Caraguatatuba Cidades Notícias

Servidores das forças de segurança pública do Litoral Norte recebem vacina contra Covid-19

Foto: Luís Gava/PMC

Caraguatatuba recepciona, nesta semana, servidores de todas as forças de segurança pública estadual e dos municípios do Litoral Norte para a campanha de vacinação contra a Covid-19. O grupo foi considerado essencial pelo Governo do Estado.

A imunização ocorre na sede do 20º Batalhão da Polícia Militar e a estimativa é que cerca de 1.040 servidores sejam vacinados até sexta-feira (09) por equipes da Vigilância Epidemiológica do Estado.

Os grupos foram divididos em horários pré-agendados para policiais das 1ª Cia (São Sebastião), 2ª Cia (Caraguatatuba), 3ª Cia (Ubatuba), Escola Militar, Batalhões da Polícia Rodoviária Estadual e Ambiental, Grupamento de Bombeiros, Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícias Técnica e Científica, Agentes Penitenciários e Guardas Civis Municipais de São Sebastião e Ubatuba.

Na avaliação do capitão Fernando de Assis, responsável pela imunização das forças de segurança, essa ação é um trabalho importante pois, assim como os profissionais da saúde, eles estão trabalhando normalmente e atuando, por diversas vezes, na linha de frente no combate à pandemia que tem assolado o país.

“Para cumprir a presente missão temos recebido um apoio importantíssimo do Grupo de Vigilância Epidemiológica Estadual, com sede em Caraguatatuba, bem como das prefeituras dos municípios de Caraguatatuba e São Sebastião que cederam profissionais de saúde e de apoio administrativo para a realização das imunizações a auxílio no controle de aplicação das doses de vacinas”.

Na terça-feira (6), o prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, junto com o secretário de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão, Marcel Giorgeti, esteve no Batalhão da Polícia Militar para verificar a logística da vacinação e o trabalho dos profissionais.

“Importante essa ação específica para a força de seguranças, assim como esperamos que o governador libere para outras classes e envie doses de acordo com a nossa realidade”, disse Aguilar Junior.

A força de segurança da região está sendo imunizada com a vacina AstraZeneca e a segunda dose deve ser aplicada em meados de junho. O Estado entende que essa medida vai evitar aglomerações nos postos públicos de saúde, onde prossegue a campanha de vacinação para o restante da população.

*Fonte: Prefeitura de Caraguatatuba