Litoral Norte Pré-Candidatos

A um ano das eleições municipais “briga” entre Colucci e Felipe Augusto esquenta a política regional

A “briga” envolvendo o ex-prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci e o prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, agita a política regional faltando um ano para as eleições municipais.

Colucci entrou na justiça contra Felipe Augusto cobrando indenização por danos morais. Segundo ele, numa reunião ocorrida no dia 18 de agosto, durante convenção do PSDB, o prefeito de São Sebastião teria lhe chamado de xereta, que mente deliberadamente, picareta, esquerdista mentiroso”.

O ex-prefeito ilhabelense alega que o discurso gravado e postado na rede social tomou grande proporção, gerando um enorme transtorno, obrigando-o a rebater as acusações levianas e desabonadoras lançadas pelo prefeito sebastianense, segundo ele, uma agressão injusta e com clara intenção de atingir a sua honra.

Na ação contra Felipe Augusto, Colucci destacou que não é mentiroso, nem picareta, não é xereta e nem esquerdista. “Fui um dos prefeitos mais bem avaliado em todo o território nacional e tive todas às oito contas anuais como prefeito aprovados pelo Tribunal de Contas e Câmara Municipal.

Colucci lembra ainda que foi um dos mais votados no Litoral Norte para deputado federal nas eleições do ano passado. Colucci cobra de Felipe Augusto o pagamento da quantia de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) a título de danos morais, ante as ofensas sofridas.

Segundo Colucci, Felipe Augusto não aceita até hoje, o fato de Márcio França ter vencido Doria nas eleições para o governo no ano passado, em São Sebastião, única cidade administrada pelo PSDB no Litoral Norte.  O ex-prefeito da ilha teria sido um dos coordenadores da campanha de Márcio França na cidade. Felipe Augusto coordenou a campanha de Doria na cidade.

Felipe Augusto, em sua defesa na ação, alega que Colucci é xereta sim, porque estaria interferindo negativamente na política regional e prejudicando a administração das cidades do litoral norte, onde vem semeando a discórdia.

Segundo ele, isso ocorre, pelo menos, em Ubatuba e São Sebastião, onde o ex-prefeito de Ilhabela dissemina intrigas, que conturbam o cenário político e prejudicam a administração.

Felipe entende, também, que Colucci é mentiroso, porque apesar de ter, pelo menos, duas condenações à pena de suspensão de direitos políticos, que estão em vias de transitar em julgado, diz para todos os partidos que será candidato no próximo pleito.

O prefeito de São Sebastião alega ainda que Colucci é picareta, porque se aproveita das dificuldades políticas, naturais em qualquer administração, para semear a discórdia e porque utiliza “meios condenáveis para obter o que deseja”, ou seja, dissemina a intriga como forma de obter proveitos políticos.

Em sua defesa, Felipe Augusto alega ainda que em seu discurso não teria citado nominalmente o ex-prefeito Colucci.  E que, a divulgação nas redes sociais não teria sido feita por ele, mas sim por terceiros.

Felipe Augusto e Toninho Colucci estiveram no fórum de Ilhabela, onde tramita a ação, mas não teria havido acordo entre as partes.  A ação prossegue. O caso será julgado no dia 7 de novembro. Tudo indica que os dois continuarão “trocando farpas” até as eleições de outubro do ano que vem.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: