Ilhabela Saúde

Ilhabela: Prefeitura vai orientar pais de alunos de três escolas sobre como prevenir a meningite

Foto: Arquivo/PMI

A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, irá reunir os pais de alunos de três escolas, Benedita Salinas e Salvador Arena, ambas na Barra Velha e Natã Hugo, no São Pedro, nesta quinta(7), para orientá-los sobre à doença e os cuidados na transmissão.

Não haverá aulas nestas escolas nesta quinta(7). Duas crianças infectadas estudam em escolas da Barra Velha e outra, na escola do São Pedro.

Na semana passada, duas crianças foram internadas com meningite virais. Entre segunda(4) e quarta(6), surgiram mais três casos de meningite, sendo dois virais e um bacteriano.

De acordo com a secretaria de Saúde, as crianças passam bem e recebem tratamento no Hospital Municipal Governador Mário Covas Junior.

A Secretaria de Saúde informa ainda que a pneumococo (Streptococcus pneumoniae), versão confirmada da meningite bacteriana em Ilhabela, já possui vacina e está à disposição nas Unidades Básicas de Saúde, uma vez que já faz parte do calendário vacinal. A primeira dose deve ser dada aos dois meses de vida e a segunda dose aos quatro meses. Aos 12 meses a criança recebe o reforço. Para a meningite viral não há vacinas.

Os outros dois menores, também diagnosticados com a enfermidade, na semana passada, passam bem. Um já teve alta e o outro foi transferido, a pedido da família, para um hospital que o atenderá por meio de convênio médico particular.

Foi feito também um vídeo pela prefeitura para informar e esclarecer os moradores sobre os cinco casos de meningite registrados nos últimos dias na cidade. Assista ao vídeo:

No vídeo, o secretário de Saúde, Osvaldo Julião, procura tranquilizar as famílias sobre os casos registrados na ilha. Julião garantiu que a prefeitura não interesse em esconder os casos registrados e que está adotando todos os procedimentos para evitar novos casos da doença.

N agravação, também, falam sobre a meningite o diretor técnico, Carlos Macknavicius e a médica pediatra Letícia Kaneko, ambos do Hospital Mário Covas.

Macknavicius informa que as três crianças foram medicadas e que estão bem. Letícia afirmou que não necessidade de vacinação em massa na cidade.

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: