Caraguatatuba Segurança Pública

Caraguá registra quatro homicídios em dois dias. Número de mortes é maior que o registrado na temporada de verão

Caraguá registrou quatro homicídios em dois dias. O número de mortes ocorridas nesta semana é maior que o total de mortes registradas na cidade nos meses de janeiro e fevereiro

Em dois dias, entre segunda(25) e quarta(27), a cidade registrou mais mortes que as registradas nos meses da temporada de verão, quando a população local era duas vezes maior, devido ao movimento turístico.

Em janeiro foram duas mortes; e, em fevereiro, apenas uma. Nesta semana foram quatro mortes violentas.

Na segunda(25), um casal foi morto a tiros do Pegorelli. O casal foi morto com tiros na cabeça de pistola calibre 380. Os dois filhos das vítimas foram preservados.

A polícia ainda investiga o caso que pode estar relacionado a estelionato e grilagem de terras. A morte do casal está sendo investigada pelo 1º DP do bairro do Porto Novo.

Nesta quarta, ocorreram dois homicídios na cidade. No Morro do Algodão, na região sul, J.A.W, de 45 anos, foi assassinado com três tiros, por volta das 19h30.

O segundo homicídio ocorreu no bairro da Cocanha, na região norte, por volta das 21 horas, Um homem ainda não identificado pela polícia, de aproximadamente 45 anos, foi morto com dois tiros.

PM

O comandante do CPI-1(Comandando de Policiamento do Interior), coronel José Eduardo Stanelis, disse que é uma situação atípica registrada na cidade.

“Homicídios são sempre imprevisíveis. É muito difícil à polícia prevenir. Temos que buscar ações criativas para reduzir este tipo de violência. Vamos iniciar uma campanha, em rádios e nas redes sociais, com mensagens preparadas por psicólogos para buscar conter violências deste tipo”, comentou.

O coronel também adiantou que está bem adiantado o planejamento das operações integradas que serão realizadas em breve nas cidades do Vale, Mantiqueira e Litoral Norte.

Vão participar das ações, a polícia militar, BAEP, a polícia federal, as policias rodoviárias estadual e federal e as guardas municipais. O objetivo é reduzir os índices criminais e, principalmente, o tráfico de drogas.

Escolas

A policia Militar está se reunindo com diretores das escolas da região para orientar as escolas sobre questões relacionadas a violência.

PM dá orientações aos diretores na Delegacias de Ensino de Caraguá

Os diretores foram orientados sobre como acionar a PM em casos suspeitos e como agir em caso de um possível atentado no interior do estabelecimento.

A primeira reunião ocorreu na semana passada, na delegacia de ensino de Caraguatatuba. O major Alexandre foi quem conversou com os diretores das unidades escolares da região.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.