Sem Categoria

Policial que ajudou a conter rebelião em 1952 visita batalhão da PM em Caraguá

O  Sub Ten PM José de Almeida,de 87 anos, visitou neste domingo(14), os amigos da Policia Militar no 20° BPM/I. O militar aposentado ingressou na Força Pública em 1948. Almeida trabalhou, dentre outras unidades, também no Presidio da Ilha Anchieta, em Ubatuba, que foi palco da lendária rebelião, que se tornou inspiração para diversos livros e documentários.

Presídio teve rebelião em 1952

Em junho de 1952, centenas de presos amotinados iniciaram uma violenta rebelião no presídio com o objetivo de tomar as instalações e armas que ficavam no quartel do Morro do Papagaio, visando uma fuga em massa para o continente. após dominarem a guarda, muitos detentos fugiram armados para o litoral.

O levante, encabeçado por detentos de alta periculosidade, como Álvaro da Conceição Carvalho Farto, o Portuga, e João Pereira Lima, o Pernambuco, durou 16 horas e terminou com dezenas de mortos e algumas centenas de feridos.

De acordo com a Associação Pró-Resgate Histórico da Ilha Anchieta e dos Filhos da Ilha, o número de mortos foi de 100 pessoas entre detentos e policiais. O levante da Ilha foi debelado por tropas vindas de Santos, Taubaté e São Paulo após violentos combates.

Rebelião ganhou manchete nos principais jornais do país na época.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: