causa animal São Sebastião

São Sebastião registra o segundo caso de crueldade animal

Animal encontreado morto no Pontal. Foto: Divulgação

Mais um cachorro foi encontrado morto com sinais de crueldade em São Sebastião. Na manhã desta quinta(8), um cachorro, de raça desconhecida, foi encontrado morto , na praia do Pontal da Cruz, em São Sebastião.

O animal, de grande porte, estava com as patas amarradas e com um espécie de corda amarrada a uma pedra. Ele pode ter sido jogado no mar por alguém e a maré levou o animal em direção a praia.

Não foi possível saber há quanto tempo o animal estava morto ou se ele teria sido lançado já sem vida ao mar.

O corpo do cachorro foi retirado da areia da praia pela equipe do Centro de Zoonoses de São Sebastião. Teria sido feito um boletim de ocorrência na delegacia de polícia da cidade.

Enseada

Animal encontrado enforcado em uma árvore em março na Enseada

É o segundo caso de crueldade contra animais registrado em São Sebastião este ano. Em março, uma cachorra, que estava grávida foi encontrada enforcada em uma árvore, na Praia da Enseada, na costa norte de São Sebastião.

O animal foi encontrado enforcado em uma árvore, num terreno baldio, por biólogos que faziam pesquisas no local. O centro de Controle de Zoonoses foi acionado, bem como, a GCM(Guarda Civil Municipal).

Os veterinários do CCZ estiveram no local e recolheram o animal. Os técnicos teriam feito autópsia na cadela para saber se ela realmente estava grávida ou se o inchaço teria sido causado pelo enforcamento.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone (12) 3861.2555.

O que diz a Lei

Segundo o artigo 32 da Lei nº 9.605 de 12 de Fevereiro de 1998 dos Crimes Ambientais, a lei prevê detenção de três meses a um ano, além de multa, para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar” qualquer tipo de animal. A pena é aumentada de um sexto a um terço, caso ocorra à morte do animal.