Cidades Turismo

Comércio e hotelaria avaliam como “boa” a temporada de verão 2020

Martim de Sá, em Caraguá, está imprópria para uso no feriado prolongado

Por Salim Burihan

Comerciantes e hoteleiros do Litoral Norte avaliaram como “bom” o movimento turístico na temporada e, também, no o carnaval 2020.

Apesar de ter sido uma temporada curta, a temporada de verão foi considerada melhor que a do ano anterior.

O carnaval, apesar das chuvas, também foi considerado melhor que o do ano passado, mesmo com uma redução no número de turistas devido ao mau tempo.

Durante o carnaval tivemos uma situação bastante interessante nas duas principais rodovias da região.

A tamoios, principal via de acesso ao Litoral Norte, recebeu mais veículos  que o previsto, apesar das chuvas.

Segundo a concessionária que administra a rodovia trafegaram pela estrada 167.902 veículos, ou seja 1,8% a mais do que tinha sido previsto, 165 mil.

A concessionária informou que o movimento na carnaval deste ano foi 3,5% maior que o registrado no mesmo período no ano passado.

Apesar do grande número de veículos na Tamoios, nenhum acidente fatal foi registrado no carnaval. Foram oito acidentes e apenas três deles com vítimas feridas.

Por outro lado, na rodovia Rio-Santos, no trecho que interliga as cidades do Litoral Norte houve uma redução de 40,1% no movimento de veículos.

Tudo indica que com a blitz da lei seca realizada pela polícia rodoviária estadual, os motoristas evitaram trafegar pela Rio-Santos, no carnaval. Um total de 119 motoristas foram autuados por dirigem sob efeito de álcool na Rio-Santos.

Hotelaria

Praias da costa sul sebastianense tiveram grande movimento ao longo do verão

Segundo a empresária Niuara Tedesco, presidente da associação de pousadas hotéis e bares e restaurantes de Maresias, “na temporada de 2020 conseguimos aumentar o faturamento e a diária média, apesar de não termos alcançado os recordes de ocupação de 2019”.

Com relação ao carnaval, Niuara Tedesco afirmou que houve uma sensível queda na ocupação, diante das chuvas, porém ainda assim, o saldo foi bem positivo. “Tivemos uma média de ocupação de 85%, de  altíssima temporada. Recebemos um excelente público familiar nos hotéis e pousadas”. Disse.

Segundo a Secretaria de Turismo (SETUR), de São Sebastião, a cidade recebeu cerca de 200 mil turistas durante o feriado. O alto índice de procura pela rede hoteleira em São Sebastião foi apontado nas três regiões, sendo a região Norte a que apresentou a maior parte da ocupação, com 89,35%; seguida da região Sul, com 86,17% e a região Central, que registrou a marca de 78,90%. O levantamento ainda indicou que a média geral foi de 84,81%.

Em Ilhabela, a taxa de ocupação hoteleira em relação ao ano passado aumentou, de 77,4% para 82,9%, segundo dados da Associação Comercial e Empresarial local. A cidade recebeu cerca de 80 mil turistas no carnaval.

Já em Caraguatatuba, segundo pesquisa feita pela Associação Comercial e Empresarial da cidade, divulgada nesta sexta-feira (28), aponta que o Carnaval 2020 de Caraguatatuba teve um aumento de 6,6% na ocupação da rede hoteleira em relação com 2019.

Neste ano, cerca de 74% dos 932 apartamentos disponíveis para os turistas foram ocupados no período de 21 a 26 de fevereiro,. Em 2019, dos 964 apartamentos disponíveis, pouco mais de 68% foram fechados.

A região que mais se destacou durante a folia foi a Central, que contabilizou quase 91% de ocupação. Já a região Sul contou com 71% de quartos alugados, seguida da região Norte, com 62%.

Comércio

Em Caraguá, eventos de carnaval receberam mais de 25 mil pessoas

O empresário Lucas Gallina, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba, considerou que foi uma boa temporada,

“Tivemos bastante turistas visitando a região e o tempo colaborou. Na temporada tivemos uma média de 83,65%, podendo ser considerada ótima. No carnaval tivemos uma média de ocupação de 74,73%, sendo um pouco mais baixa por conta das chuvas que deixaram o turista com receio de vir para o litoral”, comentou.

Segundo ele, a expectativa para o carnaval era boa tendo em vista os resultados da temporada e a distância entre o fim de ano e carnaval, mas o tempo não colaborou.

“Foi uma temporada boa, apesar de ter sido curta. No carnaval, tivemos uma queda de 30% no movimento de bares e restaurantes, instalados a beira mar, devido as chuvas, mas o comércio de uma maneira geral teve um bom faturamento”, avaliou Rafael Oliveira Moraes, presidente da Associação Comercial de Ilhabela.

Segundo Rafael, houve um aumento de 5,5% na ocupação da rede hoteleira, comparado com o mesmo período o ano passado. Já em fevereiro, o movimento foi mais fraco, por causa das chuvas.

Rafael disse que o serviço de travessia de balsa ajudou e muito o movimento de turistas na cidade. “Ao longo de toda a temporada, incluindo o carnaval,  apenas em duas ocasiões tivemos a travessia interrompida e isso por causa das condições do tempo e do mar. O tempo médio de espera foi de 30 minutos ao longo de toda a temporada”, explicou.

Olivo Balut, presidente reeleito da Associação Comercial de São Sebastião, considerou a temporada deste ano 20% melhor que a temporada de 2019. Segundo ele, o carnaval, devido às chuvas e o crescimento do carnaval nba capital, não foi o esperado, mesmo assim, muita gente esteve na cidade.

Balut fez questão de elogiar o prefeito Felipe Augusto e todos os servidores da prefeitura por terem se esforçado em deixar a cidade preparada para o carnaval apesar das chuvas que provocaram grandes estragos na cidade às  vésperas do evento. .

 

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: