Cidades Ubatuba

Policia intensifica ações para prender autores da morte de PM em Ubatuba

A Policia Civil de Ubatuba continua investigando a morte do sargento Fábio França, de 36 anos, morto ontem no bairro da Marafunda. Uma pessoa, supostamente envolvida no crime, já foi presa.

Uma pessoa detida, possivelmente envolvida na morte do policial militar, permanece presa desde ontem e deve passar por uma audiência de custódia nesta terça(14).

Trata-se de um morador da cidade, cuja identidade não foi revelada, que teria se envolvido na morte do policial militar, mas que se nega a dar informações sobre o crime.

A polícia civil também faz investigações em Caraguatatuba e Paraty(RJ), cidades para onde teriam fugido outros possíveis envolvidos na morte do policial. O delegado Bruno Azevedo Aragão é quem coordena as investigações.

A Polícia Militar também atua na localização dos autores da morte do sargento. Equipes da PM e até o helicóptero Águia fizeram fiscalização em vários bairros da cidade na manhã e tarde de segunda-feira(13). A Corregedoria da Polícia Militar no Estado de São Paulo também investiga o crime.

Ainda não se sabe o motivo da morte do policial militar. O caso está sendo tratado como latrocínio, roubo seguido de morte, mas não está sendo descartadas outras motivações, como por exemplo, um ato de vingança contra o policial por sua atuação no combate ao crime.

Segundo informações, o sargento foi morto quando retornava do serviço. Ele seguia de moto até sua residência, quando teria sido interceptado por dois homens em outra motocicleta. Os bandidos teriam fugido após agredirem e balearem o policial, levando a sua arma.

O corpo do policial foi encontrado caído no chão, bastante ferido, por um motoboy, que acionou a PM. O sargento foi socorrido, mas devido à gravidade dos ferimentos, acabou morrendo.

Ainda não teria sido divulgado o laudo do IML(Instituto Médico Legal), mas informações obtidas com policiais militares constam que o sargento teria sido agredido a paulada ou coronhadas e em seguida atingido por cinco tiros, que teriam atingido o pescoço e o tórax.

Sepultamento

O sargento será sepultado nesta terça(14), em Ubatuba. Segundo informações entre 14 e 15h30, no cemitério municipal da cidade.

O velório acontece na Funerária Litorânea. O sargento que trabalhava no 20° BPM/I, era natural de Ubatuba, tinha 14 anos de corporação e deixa esposa e um filho de um ano e nove meses.

Os comandantes da PM no Vale do Paraíba e Litoral Norte prestaram homenagens ao policial morto. O prefeito de Ubatuba, Délcio Sato e moradores de Ubatuba também se manifestaram através das redes sociais. A morte do PM França abalou a cidade.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: