Cidades Ubatuba

Ubatuba terá o maior investimento da Sabesp na região: R$ 697 milhões

SONY DSC

A Câmara de Ubatuba aprovou na noite desta terça(5), o Plano Municipal de Saneamento Básico do município. Serão investidos R$ 697 milhões pela Sabesp. Trata-se do maior volume de investimentos da empresa na região. Mais da metade dos investimentos, no entanto, R$ 400 milhões, será feito entre 2026 e 2047

Por Salim Burihan

A Câmara Municipal de Ubatuba aprovou nesta terça(5), por unanimidade o Plano Municipal de Saneamento do município. A partir da aprovação do plano, a Prefeitura poderá assinar um novo contrato de prestação de serviços de água e esgoto com a Sabesp.

Câmara aprovou por unanimidade o plano municipal de saneamento básico

“Trata-se de um momento importante para Ubatuba. Esperamos que as obras ocorram e acabem com a poluição de praias e rios. Vamos acompanhar as obras.”, disse o vereador Rochinha do Basquete(PTB), após a aprovação do Plano Municipal de Saneamento.

Contrato

Os vereadores também aprovaram, por unanimidade, a assinatura do novo contrato entre e a prefeitura e a Sabesp.  O contrato prevê investimentos de R$ 697 milhões em obras de esgoto e água em Ubatuba. O contrato ainda em discussão terá validade de 30 anos. O contrato de obras poderá ser revisto de quatro em quatro anos.

Será o maior investimento da Sabesp no Litoral Norte, superando os valores dos contratos assinados com São Sebastião e Caraguatatuba, de R$ 610 milhões e R$ 422 milhões, respectivamente.

A programação dos investimentos demonstra, no entanto, que o maior volume de obras de esgoto, ocorrerá entre 2026 e 2047,  quando serão investidos R$ 336 milhões em esgoto e R$ 67 milhões em água. É bom lembrar que Ubatuba tem cerca de 52% de suas moradias atendidas com coleta e tratamento de esgoto.

Confira como serão feitos os investimentos:

De 2019 a 2021: R$ 47,7 milhões em água e R$ 35 milhões em esgoto

De 2022 a 2025: R$ 70,7 milhões em água e R$ 124,7 milhões em esgoto

De 2026 a 2047: R$ 67 milhões em água e R$ 336 milhões em esgoto.

Segundo o superintendente da Sabesp no Litoral Norte, Rui Cesar Nogueira Bueno,  4% da receita líquida da empresa será repassada ao Fundo Municipal de Saneamento Básico. A previsão é que cerca de R$ 1,5 milhão anualmente seja repassado ao fundo municipal para investimentos em educação ambiental e regularização fundiária, entre outras ações.

Superintendente da Sabesp no Litoral Norte, Rui Cesar Rodrigues Bueno detalhou investimentos aos vereadores.

Obras

Segundo Bueno estão previstos investimentos de R$ 63 milhões, no Sistema de Água do Jardim Carolina; de R$ 25,7 milhões na duplicação da ETE(Estação de Tratamento de Esgoto) principal da cidade; R$ 140 milhões no sistema de esgoto dos bairros Maranduba e Itamambuca; R$ 12,8 milhões no sistema de água da Maranduba e Itamambuca; R$ 8,7 milhões no sistema de esgoto dos bairros do Sumidouro, Perequê-Açú e Taquaral; R$ 42,7 milhões no sistema de esgoto nos bairros do Perquê-Mirim, Enseada e Lázaro, entre outros.

Com a aprovação do Plano Municipal de Saneamento pelos vereadores, a prefeitura terá que realizar duas audiências públicas antes de assinar o novo contrato que será assinado com a Sabesp.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: