Concurso Educação Saúde

Caraguá e Ilhabela são premiadas no programa Primeiríssima Infância

As cidades de Caraguá e Ilhabela receberam o prêmio “Boas Práticas” do Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância. O prêmio foi concedido pelo Governo de São Paulo e a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal. A cerimônia de entrega dos troféus foi realizada no Hotel Jaraguá, no Centro de São Paulo, na última quinta(13).

Na premiação, Caraguá foi representada no evento, pelo secretário de Saúde Amauri Toledo, a articuladora do Programa Primeiríssima Infância no município, Sílvia Helena Fernandes da Silva; a secretária de Educação, Márcia Paiva; a diretora do setor de Educação Inclusiva da rede municipal de ensino, Adriana Coelho; a professora da equipe do Apoio Pedagógico e do Primeiríssima Infância, Janaina Santos; e a coordenadora do Programa Criança Feliz no município, Lívia Bachiega Yamamura Catarina.

O projeto Bebê-a-Bá foi idealizado pela psicóloga Sílvia Helena Fernandes da Silva em parceria com a equipe de Educação Inclusiva e visa o olhar cuidadoso sobre as fases do desenvolvimento do bebê, além de orientar os pais, responsáveis, cuidadores e professores de como estimular a criança adequadamente em diversos ambientes. Desta forma, acompanhar possíveis atrasos no desenvolvimento ou comportamentos atípicos, como por exemplo: rejeição ao peito ou mamadeira, apatia, dificuldade em manter atenção compartilhada com o adulto, não reagir à estímulos sonoros, manter controle e coordenação motora, entre outros.

A partir daí surgiu a Cartilha do Desenvolvimento Infantil e o curso de capacitação aos agentes de apoio escolar (AAEs) e agentes de desenvolvimento infantil (ADIs) da rede municipal de ensino para orientar a melhor rotina para as crianças.

“Foi uma surpresa maravilhosa esse prêmio, não esperava. Foi a coroação de um trabalho em equipe feito com muito empenho e carinho”, declarou Sílvia.

Concorreram ao prêmio 132 projetos de 41 municípios paulistas. Ao todo, foram 10 cidades premiadas: Descalvado (SP) – Implantação de Espaços Lúdicos; Ribeira (SP) – Papai Presente; Ilhabela (SP) – Minha Mãe e Eu; Cardoso – Visita Domiciliária; Cabreúva (SP) – A Revolução do Nascimento; Caraguatatuba (SP) – Projeto Bebê-a-Bá; Jundiaí (SP) SPPI ganhando vida própria; e Apiaí (SP) – Visita à maternidade antes do parto.

Primeiríssima Infância

O programa é desenvolvido em 41 municípios paulistas e é voltado para crianças de 0 a 3 anos.

Tem o objetivo de estruturar um modelo de políticas públicas, que envolve desde o gestor municipal e profissionais da Saúde, Educação e Assistência Social até a família e sociedade, visando a promoção da saúde integral da criança, qualidade de vida, nesses primeiros anos fundamentais, para que no futuro sejam adultos mais felizes e realizados.

O Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância é articulado pela Secretaria Estadual de Saúde em parceria com a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (Fmcsv), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Prefeituras Municipais.

No palco representantes das prefeituras de Descalvado, Ribeira, Ilhabela, Cardoso; Cabreúva, Caraguatatuba, Jundiaí e Apiaí (SP) exibem os troféus “Boas Práticas” recebidos pelos seus respectivos projetos dentro do Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância.

A psicóloga Sílvia Fernandes, articuladora do Programa Primeiríssima Infância em Caraguatatuba está sentada no palco junto com outros representantes municipais. Ela está fala ao microfone.

.

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: