Dengue Litoral Norte

Caraguá e São Sebastião se mobilizam para conter o avanço da Dengue

Foto: Cláudio Gomes(PMC)

A prefeituras de Caraguá e São Sebastião prepararam um atendimento especial para atender moradores, veranistas e turistas com suspeita de dengue ao longo do feriado prolongado. No Litoral Norte, o número de pessoas com dengue já ultrapassa a 700 casos. Ao longo de todo o ano passado, 103 pessoas tiveram dengue na região. O risco de uma epidemia é grande.

Caraguá tem 400 casos de dengue, sendo que três moradores já morreram da doença na cidade. Ao longo de todo o ano passado o município registrou dez casos de dengue.

São Sebastião contabiliza 143 casos de dengue e duas mortes registrada pela doença. No ano passado foram registrados 35 casos da doença ao longo de todo o ano.

Ubatuba e Ilhabela não atualizaram o número de casos. Até o dia 9 passado, Ubatuba tinha 103 caso e Ilhabela, 46. Tudoindica que o número de casos tenha aumentado nessas duas cidades.

Caraguá 

Nesta quinta-feira (18), Caraguatatuba ganhou mais um aliado no combate à dengue no município. A partir de agora, uma Carreta da Saúde, chamada Doutor da Gente, estará em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na região central, com atendimento 24 horas por dia, para aumentar a capacidade de atendimento da unidade para casos de suspeita da doença. A previsão é de que a carreta permaneça no local por 10 dias e depois percorra os bairros por mais 40 dias.

Prefeitura de Caraguá terá uma Carreta da Saúde para atendimento 24 horas

A Secretaria de Serviços Públicos (Sesep), juntamente com equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), passa a reforçar as ações do Bota-Fora. O trabalho tem como foco reduzir os criadouros do mosquito da dengue no município, ao coletar objetos inservíveis que podem vir a acumular água. Os inservíveis devem ser deixados por moradores para serem coletados em frente às casas, conforme cronograma da Sesep.

Nesta quinta-feira (18), o trabalho foi feito nos bairros Tarumãs e Sumaré a partir das 13h30. A Prefeitura de Caraguatatuba solicita que os munícipes do bairro façam uma limpeza em suas residências, terrenos, quintais para separar materiais inservíveis.

Segundo o prefeito Aguilar Junior, estas operações ocorrem com o objetivo de evitar que novos casos de dengue surjam no município. “Neste momento, teremos um cuidado especial com a Região Sul, onde se concentram o maior número de casos”, avalia o prefeito.

Muito preocupado com a situação, o prefeito ampliou o número de fiscais para percorrerem casas e comércios onde possam existir criadouros do mosquito transmissor, intensificou o serviço de nebulização nos bairros e, até mesmo, fez reserva de leitos no hospital Antoninho Marmo, em São José dos Campos, para internação de pessoas infectadas pela dengue.

O secretária de Saúde, Amaury Toledo, faz um alerta: “a população tem que colaborar, pois a dengue mata. Se as pessoas não se envolverem, evitando a presença de criadouros, a dengue continuará avançando. O poder público tem feito a sua parte, mas a população tem que entender, que para combater o avanço da doença, todos tem que colaborar”.

Segundo Toledo, basta ações simples, como limpar ralos e calhas, evitar água nos vasos e lixo acumulado no quintal.  Toledo adiantou que nas escolas do município os alunos estão sendo orientados a conscientizarem seus pais sobre os riscos da doença.

Durante os shows do aniversário da cidade, no sábado(Daniel) e domingo(IZA), haverá ampla divulgação, com o objetivo de  solicitar um maior apoio de moradores e veranistas nas ações de combate a dengue.

São Sebastião

A Prefeitura de São Sebastião preparou um esquema especial para atendimento aos casos suspeitos de dengue durante o feriado prolongado de Páscoa.

Segundo a prefeitura, até o momento foram notificados 1.294 casos suspeitos de dengue em 2019. Deste total, 1.151 tiveram resultados negativos e foram descartados, e 143 casos foram positivos. Os dados são da Vigilância Epidemiológica, responsável por monitorar diariamente os casos positivos da doença e realizar ações de combate à Dengue na cidade.

São Sebastião faz nebulização nos bairros

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, as unidades do Canto do Mar, Topolândia e de Boiçucanga estarão funcionando em regime especial e horário estendido para atender exclusivamente os casos suspeitos de dengue.

Nesta quinta-feira (18/04) as unidades ficarão abertas das 17 às 21 horas. Já na sexta-feira (19/4) e no sábado (20/04) as unidades Canto do Mar e Boiçucanga ficarão abertas das 13hs às 20 hs para atendimento dos casos suspeitos de dengue.

Com o atendimento específico, as pessoas que estiverem com os sintomas da doença poderão procurar ajuda nas unidades de saúde para a realização do teste rápido e a medicação necessária.

A Secretaria de Saúde orienta as pessoas para qualquer sintoma da doença procurar a Unidade Básica de Saúde do bairro ou a mais próxima de sua residência. “As pessoas devem procurar as UBS’s e PSF’s dos bairros antes de irem até a UPA do Centro. Nossas equipes estão capacitadas e orientadas a fazer o melhor atendimento já nas unidades de saúde”, explicou o secretário Wilmar Ribeiro do Prado.

Além disso, as equipes do setor de combate à endemias também estarão nas ruas fazendo o trabalho de nebulização veicular nos bairros de Boiçucanga, região da Tropicanga, na sexta-feira. E no sábado, o mesmo trabalho sendo feito na região do bairro São Francisco entre as ruas Gilberto Pedro do Rego e Amadeu Dias Filho. Já no domingo, a nebulização será feita em Maresias entre as ruas José Romão Cesar até Alfredo do Vale.

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, em uma parceria com a Fundação de Saúde Pública e Hospital das Clinicas, realizou na última quarta (17/04), uma capacitação de manejo clínico ao atendimento dos pacientes com sinais e sintomas de dengue, para todos os médicos da Atenção Básica do município.

A capacitação teve por objetivo melhorar o fluxo de atendimento entre as redes da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), da Atenção básica e do Pronto Atendimento, além de garantir um atendimento eficaz para pacientes com dengue.

O secretário de Saúde, Wilmar Ribeiro, destacou a importância de adotar medidas preventivas para evitar o contágio da doença. “Medidas simples, como o uso constante de repelentes, são uma das principais armas individuais de combate à doença. Prevenir é a melhor forma de evitar a dengue, pois a maior parte dos focos do mosquito está nos domicílios, assim as medidas preventivas envolvem o nosso quintal e também os dos vizinhos. É importante lembrar que, este ano, está circulando o sorotipo 2 da dengue, um novo vírus que pode levar a uma evolução mais grave entre quem já teve dengue 1”, disse.

De acordo com o NEP (Núcleo de Educação Permanente), o Aedes aegypti é um mosquito doméstico e altamente adaptável às áreas densamente povoadas, que vive preferencialmente dentro dos domicílios humanos e em locais cobertos.

Desde o início do ano, os agentes da Vigilância Epidemiológica, percorrem os bairros do município na ação “casa-a-casa” orientando os moradores, e ajudando na eliminação de criadouros do mosquito transmissor. Frequentemente, durante a vistoria em imóveis com casos positivos da doença, os agentes têm se deparado com situações de descaso.

“Na maioria dos casos, trata-se de desatenção. São encontrados pratos de planta, brinquedos, baldes, garrafas, etc., algo que pode levar a contaminação de todas as pessoas da família”, explica o chefe de Divisão de Vigilância Epidemiológica, Maurílio Bianchi.

O Governo Municipal pede à população que redobre os cuidados no combate a dengue. Confira algumas dicas:

  • Manter a caixa d’água fechada;
  • Mantenha tampados tonéis e barris de água;
  • Lave semanalmente com escova e sabão os tanques utilizados para armazenar água;
  • Encha de arreia até a borda os pratos das plantas;
  • Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água;
  • Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada;
  • Mantenha as calhas limpas;
  • Não deixe água acumulada sobre a laje.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: