Caraguatatuba Dengue

Dengue: Prefeitura de Caraguá distribui repelente para evitar risco de novas infecções

Com cerca de 500 casos de dengue registrados na cidade, a Prefeitura de Caraguá iniciou a partir desta quarta (24), por meio da Secretaria de Saúde, a distribuição de repelentes a pacientes que estão entre casos confirmados de dengue. Caraguá já enfrenta uma epidemia de dengue.

Segundo a prefeitura, a medida foi tomada, atendendo recomendação do Ministério da Saúde, pois existe um período de viremia, no qual estes pacientes podem infectar outros mosquitos, aumentando assim o risco de novas pessoas serem infectadas.

Segundo o coordenador do CCZ, biólogo Ricardo Fernandes, este período dura de três a sete dias, durante o tempo em que o paciente está sofrendo os sintomas. Para evitar que o paciente seja canal de novas transmissões da doença, pacientes com dengue diagnosticada sairão da UPA com repelentes.

Carreta da Saúde

Além deste reforço, para melhor atender a população, neste período epidemiológico, a Prefeitura de Caraguatatuba trouxe ao município a Carreta da Saúde (Doutor da Gente) com atendimento médico 24 horas para este período, instalada logo em frente à UPA.

Também com foco no acolhimento a estes pacientes, desde a última segunda-feira (22/04), todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Caraguatatuba seguirão abertas até às 19h para receber, exclusivamente, casos de pacientes com sintomas de dengue, a partir das 17h, além do atendimento de rotina. A única exceção é a UBS Tabatinga, que segue encerrando o expediente às 17h.

Segundo a Secretaria de Saúde, a triagem continua sendo feita pela UPA, porém, após identificado qualquer sintoma de dengue, este paciente é encaminhado para a unidade móvel, onde recebe atendimento médico, passa pela coleta de sangue, recebe hidratação e medicação no próprio local.

Para reforçar ainda mais o acolhimento e dar mais conforto aos pacientes que procuram pela UPA Central, a Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Saúde, instalou mais 10 camas de internação no 1º andar do prédio, nas antigas instalações do Ceami. Para hidratação, o local conta também com 16 cadeiras e outras seis poltronas.

Operação Bota-fora

Nesta semana, as operações Bota-fora, realizadas pela Secretaria de Serviços Públicos em parceria com a Secretaria de Saúde, estão concentradas nos bairros Casa Branca e Olaria. A previsão é de que até o final da semana, os trabalhos de coleta de materiais que possam vir a acumular água, deixados por moradores, passem pelos bairros Olaria, Jardim Terralão e Cidade Jardim.

A Prefeitura de Caraguatatuba informa que tem feito a sua parte e convoca a população também a colaborar, limpando seu quintal e estando de olho no quintal de seu vizinho. Até esta terça-feira (23), foram registrados 2.414 notificações de dengue em Caraguatatuba. Destas, 497 foram positivas; 1.863 negativas e 54 casos seguem em investigação.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.