Esportes Ilhabela

Com bons ventos e clima agradável, Semana de Vela divulga campeões da 44ª edição

Foto: Aline Bassi/Balaio de Ideias

Segundo organização, em 2017 foram 900 velejadores em Ilhabela

O Pajero foi consagrado como o grande campeão da 44ª Semana de Vela de Ilhabela. O barco comandado por Eduardo Souza Ramos conquistou o título da ORC, após uma disputa acirrada, definida apenas no sábado (15), último dia de provas, superando o Ângela Star IV (Peter Siemensen) e o Crioula 29 (Eduardo Plass), segundo e terceiro colocados.

”Foi maravilhoso voltar a ser campeão voltando a correr na ORC. Foi uma semana espetacular, num inverno que parece verão”, comemorou Eduardo Souza Ramos, comandante da embarcação. O velejador, porta-bandeira do Brasil em Los Angeles 1984, venceu sua décima Semana de Vela de Ilhabela

O Pajero também foi o Fita-Azul (barco que chega primeiro em terra) da regata de abertura da Semana de Vela de Ilhabela, a Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil, que ocorreu no domingo (9).

Ao todo foram oito regatas disputadas em Ilhabela na classe ORC e o Pajero teve 18 pontos perdidos contra 20 do Ângela Star IV. ”Aqui a gente sabe o resultado só em terra e não na água. Sempre fica aquela sensação de se deu ou não deu. Com o rating, você faz um bom trabalho e não sabe”, disse o tático André ‘Bochecha’ Fonseca.

Como os barcos na classe ORC são diferentes, os resultados só são conhecidos minutos ou horas depois que a regata termina, já que a organização faz um cálculo com base nas informações do veleiro e do tempo de prova.

Francisco Siemensen, tático do Ângela Star IV, elogiou a campanha dos três primeiros colocados e lamentou ter perdido o ouro no fim. ”Foi um campeonato equilibrado e todos entraram com chances de vencer. Na regata final o Pajero nos passou no último popa e nos superou na pontuação”.

Veja os resultados completos das classes ORC, IRC e RGS

Já na IRC, o domínio foi do Rudá durante toda a competição. A tripulação foi campeã por antecipação, acumulando a sequência de títulos de 2014 até 2017. ”Foi um ano perfeito. Ganhamos o Sul-Americano, o Brasileiro e a Semana de Vela de Ilhabela. Fizemos um bom trabalho”, contou Mario Martinez, comandante do Rudá.

Na RGS, o título geral ficou com o Nativo (Eduardo Harabedian). ”Foi um campeonato muito especial pra gente. Ganhamos o Brasileiro e agora a Semana de Vela. Ventou em todos os dias e nós velejamos super bem”. O Rainha Empresta Capital (Leonardo Pacheco) foi o vice-campeão e o  Brekelé (GVEN) terceiro.

Foto: Eduardo Grigaitis/Balaio de Ideias

Os campeões

BDP A – Bacanas IV

BDP B – Cambada 1

Clássicos APS – Itacibá II

Clássicos RGS – Áries III

HPE25 – Ginga

HPE30 – Phoenix/Mad Max

C30 – Caiçara

IRC – Rudá

IRC A – Rudá

IRC B – Asbar IV

ORC – Pajero

ORC A – Pajero

ORC B – Bravíssimo 4

RGS – Nativo

RGS A – Brekelé

RGS B – Bravo

RGS C – Nativo

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: