Caraguatatuba Geral

Caraguá: Jornalista Priscila Siqueira doa documentos ao Arquivo Histórico da cidade

Quase 20 anos de história do Litoral Norte guardado dentro de caixas foram doados pela escritora e jornalista Priscila Siqueira para o Arquivo Público Histórico e Permanente de Caraguatatuba Arino Sant’Ana de Barros. A entrega foi oficializada na quarta(20) durante a realização do V Ciclo de Palestras e Seminários “A Imprensa no Litoral Norte – Sua História e Contribuição para a Cultura Caiçara” em comemoração ao 21º aniversário do órgão.

A presidente da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, Silmara Mattiazzo e a historiadora do Arquivo, Denise Lemes, aproveitaram a ocasião para entregar à Priscila um pen drive com toda a documentação digitalizada.

“Agradecemos em nome da Fundacc, do prefeito Aguilar Junior e de toda a população de Caraguatatuba por essa nobreza de doar todo esse material. Com certeza, seremos guardiões e propagaremos todo esse material para quem precisar”, disse a presidente Silmara.

Priscila Siqueira foi jornalista da Folha de São Paulo e da Agência Estado, trabalhando a maior parte da sua vida no Litoral Norte. Entre o material doado estão jornais, documentos de pesquisa, livros, notas fiscais, gravações guardadas no período de 1976 a 1993.

Ela também é autora do livro Genocídio dos Caiçaras, que retrata a expulsão dessa comunidade de suas terras à beira-mar a partir da valorização da região: um registro agonizante da cultura caiçara massacrada pelas grandes empresas que tiraram do povoado seu bem mais precioso, a terra.

Seu livro denuncia os maus tratos e as agressões à humanidade, vítimas do progresso econômico e da política brasileira, ações que resultaram na morte e na expulsão dos caiçaras que, desprovidos de conhecimento como a escrita, foram engolidos por outros que ali chegaram, com parâmetros mais avançados.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.