Geral Verão

Sabesp pede uso consciente de água no verão

A temporada de verão está chegando. Como sempre acontece, a Sabesp se prepara para garantir água aos moradores e milhares. Cerca de um milhão de turistas deve circular pelas quatro cidades da região entre dezembro e fevereiro. A Sabesp garante que não vai faltar água, mas pede que todos, moradores e turistas, evitemo desperdício durante o consumo

Por Salim Burihan

A Sabesp prepara desde o mês de setembro seu plano de contingência para a temporada de verão 2019/2020. A empresa terá que garantir água para a população local, cerca de 350 mil habitantes e, também, para cerca de 1 milhão de turistas que vão circular pela região entre dezembro e fevereiro.

A preocupação maior é com o abastecimento de água. A empresa irá trazer equipamentos e locará outros para agilizar serviços no verão. Nos últimos dois meses, a empresa vem se dedicando a fazer melhorias no sistema de água e esgoto, como manutenção de bombas e aeradores, para evitar problemas na temporada.

Sabesp faz melhorias nos reservatórios e nas redes para melhorar abastecimento de água na temporada

Segundo o superintendente da Sabesp no Litoral Norte, Rui César Rodrigues Bueno, as equipes atuais da Sabesp estão trabalhando arduamente neste sentido. Caminhões tanques estarão estrategicamente instalados nas cidades de Ubatuba, Caraguá, São Sebastião e Ilhabela para atender os usuários em caso de emergência.

superintendente da Sabesp no Litoral Norte, Rui César Rodrigues Bueno, recomenda uso consciente da água no verão

O período mais crítico da temporada de verão, segundo ele, vai do dia 20 de dezembro até o dia 10 de janeiro, quando a população aumenta muito nas cidades da região devido a temporada de férias.

“O verão como um todo é muito crítico. O consumo aumenta muito e também tem muita chuva, o que compromete a qualidade da água que vem da serra, nas estações de tratamento, prejudicando o abastecimento”, explicou.

Os mananciais que abastecem a região estão bem, segundo ele, porque choveu muito este ano. “Nossos mananciais estão operando em plena carga e não haverá  desabastecimento durante a temporada”, adiantou.

Os maiores problemas registrados durante as temporadas de verão são a queda da pressão da água em locais mais elevados ; a limpeza dos sistemas quando chove muito, que obriga a empresa parar o abastecimento; e ,no caso do esgoto, é o extravasamento da rede ou nas caixas coletoras das residências, provocado pela chuva.

Bueno adiantou que não haverá falta de água na temporada porque foram feitos muitos investimentos pela Sabesp. Mesmo assim, moradores e turistas devem evitar o desperdício de água, como lavar o carro, regar os jardins, lavar calçadas, ou seja, usar racionalmente a água, principalmente, no período de pico da temporada.

“A água é um bem finito. Temos que entender que o uso deve ser consciente. Nossas reservas são escassas, nossa água doce existe em quantidade limitada, temos que usar de forma consciente”, recomendou.

No verão, a Sabesp tem que de desdobrar. Em Caraguatatuba, a maior cidade da região, a empresa garante água para cerca de 120 mil pessoas, mas na temporada, o mesmo sistema passa a atender 350 mil pessoas a mais, ou seja, 470 mil usuários.

“É isso, durante oito meses do ano atendemos 120 mil pessoas, nos demais meses do ano, de 470 a 500 mil pessoas. Por isso, é preciso o uso consciente da água e os preparativos da Sabesp para poder atender a essa demanda, nos períodos de grande movimentação turística”, finalizou.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: