Geral São Paulo

Tragédia na Escola: Atiradores seriam ex-alunos da escola de Suzano

A Secretaria da Segurança Pública informou que os dois adolescentes armados e encapuzados que invadiram a Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, efetuaram disparos contra os alunos e funcionários, matando oito pessoas e deixando outras nove  feridas.

Os atiradores foram identificados como Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos e Luiz Henrique Castro, de 25 anos. Eles utilizaram um revólver calibre 38, uma besta, arco e flecha e machadinhas no ataque.

A polícia tenta descobrir a motivação do crime. Os dois assassinos que mataram ao menos oito pessoas em Suzano eram ex-estudantes da escola estadual Raul Brasil, disse o secretário de Segurança Público, João Camilo Pires de Campos.

Um dos assassinos deixou a escola no ano passado após “problemas” –o secretário não foi claro se ele foi expulso ou se saiu por conta própria.

Os mortos são:

  • Marilena Ferreira Vieira Umezo, coordenadora pedagógica
  • Eliana Regina de Oliveira Xavier, funcionária da escola
  • Pablo Henrique Rodrigues, aluno
  • Cleiton Antonio Ribeiro, aluno
  • Caio Oliveira, aluno
  • Samuel Melquíades Silva de Oliveira, aluno
  • João Vitor Ramos Lemos, aluno
  • Jorge Antonio de Moraes, comerciante, morto antes da entrada dos assassinos na escola

O Governador João Doria esteve no local para acompanhar o trabalho de resgate e atendimento aos feridos.

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo enviou dois psiquiatras e um psicólogo para dar apoio no atendimento às famílias e demais envolvidos na ocorrência, atuando em conjunto com a equipe do Caps (Centro de Atenção Psicossocial) de Suzano. Os profissionais darão suporte no próprio Caps e a pasta está em contato permanente com a Prefeitura.

Entre as vítimas da tragédia, duas foram levadas ao Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes. Uma em estado gravíssimo e que chegou ao hospital já em óbito, e a outra está grave, estável e em avaliação médica.

Outros cinco pacientes foram recebidos pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Três deles estão estáveis; outros dois deram entrada em estado grave, e um deles veio a óbito.

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: