Informe Publicitário

Descubra como o álcool pode fazer mal para a sua vida

Se você costuma sair com os amigos para beber todos os finais de semana, ou toma uma taça de vinho todas as noites, pode ser que você não consuma excessivamente álcool, mas essas práticas podem causar problemas a sua saúde a longo prazo. Perdas na memória e até mesmo a obesidade podem ser desenvolvidas.

Consumir álcool em excesso é extremamente prejudicial à saúde, podendo desenvolver dependência, cirrose hepática, câncer oral, câncer de mama e outras doenças. Sendo assim, vamos te mostrar como essas e outros danos a sua saúde podem ser percebidas quando você consome álcool demais. 

O álcool pode prejudicar o coração?

Ingerir álcool em excesso causa problemas ao coração, principalmente a longo prazo. A ingestão de mais de 3 copos por dia é prejudicial à saúde do coração. Com isso, pode causar pressão alta, falência cardíaca, derrames e cardiomiopatia alcoólica. E ainda, pode aumentar a circulação de gorduras pelo organismo.

Pode desenvolver algum câncer?

Associar o consumo de álcool ao câncer ocorre comumente. Na saúde, o acetaldeído está associado a esses prejuízos, que é a substância que o álcool se transforma quando é digerido pelo organismo.

Essa é uma substância tóxica que é capaz de danificar o DNA. Ao consumir álcool, o acetaldeído está degenerando o seu DNA da vida e  o levando para o caminho do câncer.

Quais os problemas que pode causar ao fígado?

Quanto maior a ingestão de álcool, maiores serão os danos ao organismo. Sendo assim, maiores prejuízos serão causados ao seu fígado. Para pessoas que consomem de 6 a 8 garrafas de vinho, ou mais, os danos são elevados exponencialmente nesse período.

Como o fígado é o órgão responsável por metabolizar todos os nutrientes que consumimos, é nele que o álcool será metabolizado. Assim, quando você bebe demais, sobrecarrega esse órgão, fazendo com que os triglicérides sejam alterados e com isso, gera um acúmulo de gordura no fígado. Essa é a doenças chamada de esteatose hepática alcoólica.

Álcool é capaz de prejudicar o sistema imunológico

O consumo de álcool está ligado a incapacidade do organismo de se auto proteger. É notável que prejudica o sistema imunológico, já que o corpo fica incapaz de combater infecções virais. Por isso, é necessário que você reduza os níveis de álcool no sangue para evitar maiores problemas a sua saúde.

Como afeta a fertilidade?

O consumo de bebidas alcoólicas prejudica a qualidade dos espermatozoides. Você até pode consumir álcool antes de ter uma noite especial com a sua parceira, mas não em excesso.

Sem falar que é não é recomendado consumir bebidas alcoólicas durante uma gestação, é completamente prejudicial ao bebê. A Síndrome Alcoólica Fetal, resulta e, bebês com danos sérios, seja deficiências mentais, e com anomalias na face e na cabeça.

Outro detalhe que precisa ser considerado é o seguinte: se um homem alcoolizado engravidar uma mulher, a criança poderá nascer com sérios problemas. Então, caso você tenha bebido demais, é melhor usar prevenção.

Quanto de álcool é recomendado consumir?

É essencialmente necessário que as pessoas sejam informadas e orientadas sobre o que o consumo de álcool causa em sua saúde. Deve ser comunicado à população orientações sobre o consumo para que seja evitado desinformação e para que não sejam espalhadas notícias falsas.

Assim, as pessoas saberão quais são os níveis recomendados para a ingestão de álcool. Mas lembre-se, quanto menor o consumo de álcool, menores serão os danos causados ao seu organismo e a sua saúde, e assim você evitará de desenvolver problemas na saúde. 

O álcool tem um lado interessante. Ele deixa o organismo mais relaxado e permite que o homem tenha mais controle. Com isso, consegue retardar e controlar melhor a sua ejaculação. Para isso, não é preciso ingerir grandes doses desse tipo de bebida.

Além disso, é “preciso saber beber”, ou seja, a pessoa deve conhecer os limites do seu corpo. Não adianta encher a cara de uma vez só, é melhor ir aumentando o consumo aos poucos, para que o corpo consiga se acostumar e os efeitos não sejam graves.

Quando você for beber, seja em casa ou em um barzinho com os amigos, tenha moderação. Beber regularmente não causa riscos e pode ser feito livremente. E sempre que for dirigir, não beba. Direção e álcool não combinam, você pode colocar a sua vida e a dos outros em risco.