Mundial de Surfe

Medina está bem próximo da vaga para representar o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio 2020

Medina disputa as oitavas de final do mundial de surfe, em Hossegor, na França, contra o australiano Adrian Buchan.  Quando entrar na água, Medina já saberá como foi a atuação de seu principal concorrente na liderança do ranking, o sul africano Jordy Smith, que abrirá a primeira bateria do dia  enfrentando o francês, Jeremy Flores.

Medina lidera o ranking com 44.695 pontos. Jordy Smith ocupa a terceira posição com 40.195.  O sul-africano é o único que pode tirar a liderança do ranking de Medina na França. Filipinho Toledo com 44.400 foi eliminado em Hossegor. O surfista de Ubatuba também pode perder a posição para Smith.

Gabriel Medina  tenta o quarto título em Hossegor. O surfista de Maresias sempre se dá muito bem na França. Com o nº 2 do mundo Filipe Toledo fora de competição, Medina avança para a rodada dos 16 com os olhos postos em outro título mundial. O bicampeão pode arrancar para o tricampeonato em Hossegor.

Medina está cada vez mais próximo de garantir sua vaga nas Olimpíadas de Tóquio 2020. O Brasil terá dois surfistas na competição. Brigam pelas duas vagas, Medina, Filipinho Toledo e Italo Ferreira, quinto lugar no ranking com 34.600 pontos.

Italo que está em quinto, também, quer ir para as olimpíadas, mas não conseguirá ultrapassar Filipe nesta etapa da França. Ele quer ir bem em Hossegor e tentar a vaga para Tóquio, nas duas provas que restam para fechar a temporada.

Segundo a World Surf League(WSL), dois surfistas já garantiram suas presenças nas Olimpíadas: o sul-africano Jordy Smith e o japonês Kanoa Igarashi.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: