Cidades Notícias São Sebastião

Juquehy: sequência de mulheres assaltadas e sequestradas

Foto: Depcom / Pmss

Polícia Militar confirmou três casos semelhantes; Polícia Civil informou que um homem foi preso e outros dois já foram identificados

Casos de roubo e sequestro de mulheres têm ocorrido no bairro Juquehy, na região sul de São Sebastião, no mês de abril. De acordo com a Polícia Militar, há três registros atendidos dessa natureza. A atuação dos assaltantes é a mesma em todos os casos.

Os roubos são semelhantes, entram nas residências onde há somente mulheres, roubam objetos, joias, celulares, carros, mas as sequestram a fim de fazer transações bancárias e possíveis empréstimos.

Segundo informações da Polícia Civil, um está preso e outros dois foram identificados. O serviço de investigação segue em busca de imagens e informações que estão sendo repassadas ao serviço de inteligência.

O primeiro caso ocorreu no dia 1/4, às 21h30. As mulheres relatam que estavam em casa na área da churrasqueira, quando quatro indivíduos, dois armados, entraram na residência e as encaminharam para um cômodo da casa e pediram os celulares para acessarem contas bancárias. Foram amarradas com cordas náuticas em cadeiras. Após quase uma hora, colocaram duas das vítimas no carro Mitsubish ASX cor Prata de uma delas e duas no Jeep Renegade e seguiram sentido Guarujá. Após realizarem diversos saques e PIX, as mulheres foram liberadas pelos assaltantes às 5h da manhã na cidade.

Segundo as vítimas, um era de aproximadamente 1,65m de altura, magro, cabelos curtos, sem barba e sem um dente, com diversas tatuagens sendo uma delas um Exu caveira (Exu no cemitério) nas costas; o segundo indivíduo era pardo, bigode fino, blusa preta com quadrados coloridos na frente, calça escura larga. Tinha um negro, 1,75m de altura, trajava tênis Nike de molas branco com detalhes coloridos. O quarto e último, branco com cabelos pintados de loiro com mechas, aparentando 20 anos.

Já no dia 3/4, mais um caso semelhante, roubo a residência, veículo e sequestro, este às 17h.

Duas mulheres chegavam à residência em Juquehy, cada uma em um carro e após adentrarem a casa, ao tentarem fechar o portão, um homem sem dente pediu um copo de água, já entrando na casa e chamando mais quatro indivíduos. Renderam as mulheres e as levaram para dentro. Os criminosos reviraram a casa e também as bagagens e após pegarem o que queriam, pediram para desbloquearem os aparelhos celulares. Colocaram os objetos nos carros das vítimas e as levaram com eles. Uma delas relatou que viu um Mitsubish Asx Prata encostando próximo à casa e viu que tinha mais pessoas dentro do carro.

Elas foram levadas até o Guarujá, onde os criminosos realizaram diversos saques. Em uma dessas paradas, a equipe de força tática localizou o veículo e liberou as duas vítimas e um dos criminosos foi preso.

O terceiro caso ocorreu no dia 5/4, mesma situação, roubo e sequestro, este às 22h.

A vítima estava na sua casa com a porta destrancada, quando foi surpreendida por quatro homens que anunciaram o roubo e a levaram para o quarto, pediram dinheiro e perguntaram onde estava o cofre, queriam ouro. A mulher entregou a carteira com R$ 70 reais. Após reviraram o quarto acharam os cartões bancários da mulher e pediram as senhas e ela nervosa, recordava apenas de uma delas. Seus pés e mãos foram amarrados, colocaram álcool em seu corpo ameaçando atear fogo. Colocaram-na em seu veículo, um Agile e seguiram sentido Santos. Os criminosos tentaram efetuar gastos com o cartão e como não conseguiram, agrediram a vítima com muitos socos. Ela ficou em poder dos criminosos até às 6h, quando em posse da senha do banco Itaú, os homens sacaram R$ 13 mil. Após realizarem operações bancárias, fizeram também um empréstimo de R$59 mil em seu nome e transferiram o dinheiro para uma determinada conta.

Ela contou à PM que durante a ação os criminosos disseram que o outro roubo que houve nas proximidades de Juquehy também foi autoria deles.

Conseg Costa Sul

Na última quinta-feira (7) ocorreu a reunião mensal do Conselho Comunitário de Segurança do Estado de São Paulo – Conseg Costa Sul. Segundo a presidente, Ana L.G. Reis, o assunto principal foi pautado pelas ocorrências envolvendo uma quadrilha supostamente do Guarujá, que está atuando em Juquehy.

“As vítimas foram rendidas, tiveram as casas reviradas, objetos e eletrodomésticos roubados, foram levadas para o Guarujá e mediante graves ameaças, obrigadas a fazer transferência via PIX. Uma das vítimas foi violentamente agredida. Segundo informações da Polícia Civil, estão com um detido e outros dois identificados”, relata. O serviço de investigação segue em busca de imagens e informações que estão sendo repassadas ao serviço de inteligência.

“Foi solicitado às Polícias Militar e Civil maior atenção e aumento do policiamento na região. Pedimos também à comunidade que redobre os cuidados e atenção, repassando aos órgãos competentes informações que possam colaborar com o trabalho de investigação”, enfatiza a presidente.