Cidades Ubatuba

Ubatuba libera cinema, academias e praias a partir de segunda(10)

O prefeito de Ubatuba, Délcio Sato, publicou na sexta(7), dois decretos ampliando a flexibilização no município. A partir de segunda(10), poderão funcionar academias, cinema, praças de alimentação em shopping, cursos livres e o uso de praias e ilhas.

A decisão do prefeito em ampliar as atividades econômicas na cidade ocorreu após o governo do estado de São Paulo classificar as cidades do Litoral norte na Fase 3- Amarela do Plano São Paulo, na sexta.

O prefeito Sato, logo após a reclassificação do Plano São Paulo, reuniu-se com o comitê de enfrentamento ao covid para definir a reabertura de novas atividades.

Segundo a prefeitura, os dois decretos publicados na noite de ontem, sexta(7), regulamentam as regras da retomada consciente das atividades econômicas de acordo com a fase amarela estabelecida pelo Plano São Paulo do Governo Estadual e a reabertura gradual de atividades físicas em espaços privados.

A partir da próxima segunda-feira, 10 de agosto, poderão ser retomadas as atividades em praças de alimentação de shoppings, cursos livres não regulados pelos Conselhos Nacional ou Estadual de Educação, com capacidade limitada de 35% de ocupação, cinemas e atividades de entretenimento similares.

Também a partir de segunda-feira, estará liberado o uso das praias e ilhas do município, todos os dias da semana, respeitados os protocolos sanitários e de distanciamento de no mínimo seis metros entre grupos.

Atividades Físicas

Será permitia a retomada das atividades em academias de ginástica, musculação, dança, espaços de artes marciais, escolas de natação, hidroginástica e estúdios de atividades funcionais também a partir da próxima segunda-feira. As determinações que os estabelecimentos obedecerão deverão ser consultadas no Decreto 7408/20.

As regras sanitárias para a retomada das atividades físicas deverão respeitar aquelas já estabelecidas em regramentos municipais, em conjunto com as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério de Saúde. Os estabelecimentos serão fiscalizados pela Vigilância Sanitária e equipes de segurança pública, constantemente, quanto ao devido cumprimento das normas, e caso não cumpridas o mesmo será autuado e deverá realizar a suspensão da atividade.

A Prefeitura de Ubatuba informou ainda que avaliará a continuidade de todas estas flexibilizações, podendo ser revistas a qualquer momento, a partir de critérios objetivos, técnicos e científicos, levando em consideração a transmissão comunitária e a situação epidemiológica da COVID-19 em Ubatuba.

Covid

Ubatuba registra 637 casos e 23 mortes pelo novo coronavírus. A prefeitura ainda investiga 450 casos e uma morte suspeita. Segundo a prefeitura, 360 pessoas já se recuperaram da doença e 20 permanecem internadas. Os bairros com maior registro de casos são: Ipiranguinha(80), Centro(72) e Estufa II(50).

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: