Cidades Notícias Ubatuba

“Não tem suspensão que aguente”, diz moradora sobre situação de estrada em Ubatuba

Moradores da região sul de Ubatuba que utilizam a Estrada das Galhetas, no bairro Tabatinga, reclamam da situação em que se encontra a via, com muitos buracos, dificultando a mobilidade e gerando danos aos veículos.

Proprietário de um imóvel no local, José Fernando Carceliano se queixa da falta de manutenção. “Há anos que a prefeitura não faz a manutenção na Estrada das Galhetas. Está totalmente abandonada com buracos, erosões e soltura da manta asfáltica. Os veículos dos moradores estão sempre quebrando e causando grandes prejuízos. Pagamos IPTU, IPVA e mais impostos igual a todos, portanto temos o direito de ter uma estrada em boas condições de uso”, defende Carceliano.

Zeladora há 18 anos no condomínio Paramar Tabatinga, Maria Inês Lobo afirma que os moradores enfrentam o problema da estrada há muitos anos. “A rua está cheia de buracos, alguns que se você não desviar o carro cai e não consegue sair. Meu carro vive na oficina arrumando. Não tem suspensão que aguente. A situação é de calamidade. Os políticos nos pedem votos e depois não nos dão assistência”, desabafa.

Segundo Inês, a condição da via afeta tanto moradores quanto turistas. “Nessa época é até tranquilo o movimento, mas quando chega setembro, o trânsito é terrível nessa estrada, a rua fica cheia de turistas, é muito movimentada”, explica.

Os moradores afirmam que já solicitaram à prefeitura a manutenção da estrada várias vezes e não foram atendidos.

Desde o início do ano, a Estrada das Galhetas foi objeto de dois requerimentos aprovados na Câmara Municipal. O primeiro foi aprovado na 2ª sessão ordinária, no dia 9 de fevereiro, de autoria do vereador Osmar de Souza (REPUBLICANOS), solicitando o recapeamento da via com urgência.

Já o segundo requerimento foi aprovado na 11ª sessão ordinária, no dia 13 de abril, de autoria do vereador Josué “D’Menor” (AVANTE), pedindo a pintura das lombadas na estrada. O pedido de pintura dos redutores de velocidade foi atendido recentemente. “Vieram pintar as lombadas nesta estrada onde não se consegue andar com o carro nem devagar”, comenta Carceliano, inconformado.

O portal Tamoios News questionou a prefeitura de Ubatuba sobre a Estrada das Galhetas, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.