Ilhabela Saneamento Básico

Ilhabela: Plano Municipal de Saneamento será debatido às 18 horas desta quarta(14)

Foto: Ronald Kraag/ Divulgação

A população de Ilhabela está convidada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, a participar nesta quarta-feira (14), da reunião pública de apresentação do Plano de Trabalho de revisão e aperfeiçoamento do Plano Municipal de Saneamento, com a participação da equipe técnica da Universidade Mackenzie. O evento será realizado no auditório do Paço Municipal, no Perequê, a partir das 18h.

“Convidamos todos os moradores para esta importante reunião pública para que participem do encontro e tenham conhecimento do andamento do processo de saneamento básico no município. Ouviremos todas as reclamações e sugestões para que, juntos, possamos resolver da melhor forma possível a problemática”, falou o prefeito Márcio Tenório sobre o assunto.

Para participar da reunião basta comparecer ao local no horário marcado.

Serviço: O auditório do Paço Municipal está localizado à rua Prefeito Mariano Procópio de Araújo Carvalho, 86, no bairro do Perequê.

Saneamento básico

O relatório de 2017 elaborado pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) serve para que possamos avaliar como andam os investimentos em saneamento básico na região. Segundo o relatório, no geral, 52% dos domicílios da região(todo o Litoral Norte) são atendidos pela coleta de esgoto, sendo que, desse total, apenas 43% é tratado

A situação mais delicada na região é em Ilhabela. Na Ilha, 35% dos domicílios são atendidos pela coleta de esgoto, sendo que, apenas 4% recebe tratamento.

Ilhabela é a cidade mais rica da região. Tem 34.333 habitantes e um orçamento que ultrapassa a R$ 700 milhões em 2018. A situação complica na temporada de verão quando a população local praticamente triplica.

O prefeito Márcio Tenório tem feito pressões junto à estatal para que seja ampliada a coleta e o tratamento do esgoto.

Existem dois tipos de destinação para o esgoto. A ETE(Estação de Tratamento de esgoto) onde o efluente é lançado em cursos d’água e a EPC(Estação de Pré Condicionamento0 onde o efluente é lançado no mar.

Ilhabela conta atualmente com uma ETE na Praia do Pinto e uma EPC e um emissário não Itaquanduba.

Entre todos os municípios do Litoral Paulista, incluindo as cidades da Baixada Santista, Litoral Sul e Litoral Norte, Ilhabela só supera a cidade de Bertioga, onde apenas 34% dos domicílios são atendidos pela coleta de esgoto.

Bertioga, no entanto, tem 100% do esgoto coletado devidamente tratado. Em Ilhabela, o tratamento atende apenas 4% do que é coletado.

A ilha enfrenta ainda problemas com o armazenamento de água. Um assunto que preocupa, mas que não iremos abordar neste momento. Tenório também tem feito muitas cobranças com o objetivo de garantir mais água, inclusive, em comunidades que vivem isoladas e nas Ilhas Vitória e Búzios.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.