Litoral Norte Segurança Pública

Prefeitos cobram do Estado reforço no policiamento para o Carnaval 2019

Os prefeitos do Litoral Norte estão reivindicando ao Estado que reforce o policiamento no carnaval 2019.

O reforço enviado à região, na Operação verão, foi embora no dia 8. O Estado reforçou o policiamento, entre 19 de dezembro e 8 de fevereiro, com 1022 policiais, sendo 623 deles, vindos de outras regiões do estado.

No período, entre 19 de dezembro e 8 de fevereiro, a região recebeu cerca de 1,5 milhão de turistas. A temporada foi considerada a de maior movimentação de turistas nos últimos anos. Foi considerada uma das mais tranquilas, graças ao reforço no policiamento.

Receberam reforços a Polícia Militar, com 514 homens; o GBmar(Grupamento de Bombeiros Marítimos), 194 guarda-vidas; a Polícia Rodoviária Estadual, com 72 homens; e, a Polícia Ambiental, com 80 novos policiais.

O carnaval deverá receber o mesmo fluxo de turistas. Como não foi definida pelo Estado nenhuma operação especial para o período os prefeitos estão preocupados.

O prefeito de Caraguá, Aguilar Junior, disse que vem reivindicando junto ao Estado o reforço no policiamento para o carnaval.

Tenente Coronel da PM César Eduardo Ferreira e o prefeito de Caraguatatuba Aguilar Júnior, durante evento no Teatro Mário Covas (foto: Claudio Gomes)

“Sem o reforço cedido pelo Estado será muito difícil garantir uma boa segurança aos moradores, veranistas e turistas. Nosso efetivo é reduzido, apesar de toda dedicação e empenho, não terá como se responsabilizar pela segurança de milhares de pessoas”, comentou.

Caraguá, a maior cidade da região, deverá receber cerca de 500 mil pessoas no carnaval, ou seja, cerca de quatro vezes mais que a sua população fixa que é de 125 mil habitantes. A prefeitura arcou com todas as despesas de alojamento e alimentação dos policiais que estiveram na cidade na Operação Verão, encerrada no dia 8.

Aguilar Junior destacou a importância do reforço na temporada. “Foi uma temporada muito tranquila, graças ao reforço encaminhado pelo Estado. Não tivemos ocorrências graves e, foi impressionante, o trabalho realizado pela polícia no combate ao tráfico de drogas.”, contou.

Segundo Aguilar Junior, foram feitos vários pedidos ao Estado para que o reforço seja mantido nas cidades da região no carnaval. Segundo ele, o Estado deverá dar uma resposta aos prefeitos até sexta(15).

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto disse que por três vezes solicitou ao estado o reforço do policiamento no carnaval. Segundo ele, recentemente, fez o pedido diretamente ao secretário de Desenvolvimento Social, Marco Vinholi, que teria ficado de repassar a solicitação ao governador João Doria e ao Secretário de Segurança.

O prefeito de Ubatuba, Délcio Sato, informou que também tem cobrado o Estado sobre a necessidade de manter o reforço no policiamento durante o carnaval. O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, não se manifestou sobre o assunto.

O Tamoios News procurou o comandante do CPI-1(Comando do Policiamento do Interior), coronel Lourival da Silva Junior, para saber se haverá ou não reforço nas cidades da região durante o carnaval, mas sua assessoria pediu que o assunto fosse tratado com o 20º BPMI, em Caraguá.

Entramos em contato por telefone como 20º BPMI, em Caraguá, durante o início da tarde desta quinta(14), por várias vezes, mas não conseguimos contato com o coronel César Eduardo Ferreira até o fechamento da matéria.

 

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: