Caraguatatuba Cidades Sem Categoria

Covid: Pets precisam de cuidados e atenção durante a quarentena

Em plena pandemia de coronavírus e, durante a quarentena, é preciso dar atenção aos animais de estimação. Por conta dos trabalhos em home office, empresas fechadas, diminuição de carga horária e até mesmo o ensino a distância, muitas pessoas estão tendo mais tempo em casa com seus pets.

Com relação ao coronavírus, todos podem ficar tranquilos, cães e gatos, por exemplo, não são portadores e também não são suscetíveis as complicações do Covid-19.

Segundo o responsável pelo Centro de Zoonose de Caraguatatuba, veterinário Guilherme Garrido, o único risco é que os pets podem se tornar transportadores.

“Se uma pessoa infectada tocar os pelos e outra colocar as mãos e em seguida levar a boca, pode ser contaminada. É um risco grande”, disse Garrido.

Passeio

Segundo ele, isso não significa que os animais não podem sair para passear. “O importante é lavar as patinhas e o animal logo após o passeio”, recomenda Garrido.

O veterinário recomenda que durante o passeio deve ser evitado lugares e horários de grande circulação de pessoas e o contato dos animais com outras pessoas.

É o que faz diariamente Rosângela Santos, que saí às 6h30 da manhã todos os dias para passear com seus cães Meg, Barteau, Body e Nala pelas ruas do Jardim Primavera, em Caraguatatuba.

Ela leva os pets para passear na praia e pelas ruas do bairro todos os dias. A rotina é sempre a mesma, quando chega em casa, lava as patinhas e dá banho nos animais.  “Saio cedinho para evitar aglomerações. Eles fuçam em tudo, por isso, sempre faço a limpeza das patas e dos pelos”, disse Rosangela.

 

Cuidados

Segundo a Clínica Veterinária Cucavet, evite beijar e permitir que ele lamba você. É uma medida preventiva. Por isso, não compartilhe sua comida com o seu pet, escove sempre os dentes dos seus bichinhos e não deixe de dar banho neles.

Para as pessoas que já contraíram o coronavírus, existem medidas ainda mais importantes. É claro que não podemos deixar os pets de quarentena dentro da própria casa, mas evite o contato físico com os animais para que não seja responsável pela transmissão do vírus para os membros não contaminados da sua família. E se você estiver contaminado, mas outros membros não, uma boa dica é o uso tanto das luvas quanto da máscara facial antes de tocar no seu pet.

Não é somente na quarentena que nossos amigos de quatro patas precisam de cuidados. Por isso, é essencial que seus pets estejam tanto com as vacinas quanto os exames em dia. Além disso, é importante relembrar que a atenção ao seu pet deve ser redobrada nesse momento, pois apesar de não transmitirem a doença, eles podem carregá-las nos pelos e patinhas após o contato direto ou indireto de uma pessoa com o diagnóstico positivo para o coronavírus.

Compartilhar da sua cama, sofá, poltronas ou qualquer desses tipos de móveis não é indicado caso o seu animal fique em contato com alguém não saudável ou até mesmo com a rua. No caso de gatos, as precauções são mais distintas, afinal, os gatos que ainda estão saindo de casa nessa época costumam andar nos muros, telhados, terrenos vazios e espaços onde não existem muitos humanos, então, raramente fazem contato com pessoas. Mesmo assim, é necessário fazer a higienização correta em seu bichano.

Comer demais, assim como não é saudável para o ser humano, também não é bom para seu pet. Então, por mais que seus pets na quarentena estejam pedindo mais comida por você passar mais tempo em casa, mantenha a alimentação deles como sempre foi, nada de diminuir e nem aumentar. Outra dica importante é manter os pets em um ritmo de limites, eles precisam ficar sozinhos um pouco. Não os deixe no colo o tempo todo e nem fiquem grudados demais durante a quarentena.

Brincadeiras

Mas por que não? Bem, se você costumava passar o dia fora trabalhando, você precisa pensar no seu pet. Se a quarentena durar três meses, você vai passar três meses juntinho do seu pet e quando tudo voltar ao normal, ele se sentirá ainda mais sozinho do que antes. Triste, solitário e principalmente abandonado. Existem grandes chances do seu pet desenvolver depressão, por isso, não passe todo os dias grudado ao seu pet se sabe que não terá como continuar assim depois.

Para solucionar esse problema, crie uma rotina de brincadeiras. Aproveite também para ensinar e treinar comandos com os pets na quarentena, vai ser divertido para você e também para seu bichinho, que será recompensado sempre que fizer algo certo. E não deixe de se exercitar com o seu pet. Suba e desça escadas e se houver um espaço grande em sua casa, brinque de correr com seu pet, pois gastar energia é uma forma importante de manter seu pet saudável.

Existem brincadeiras que são excelentes para se fazer com seus pets. Como por exemplo, brincar com bolinha. Uma brincadeira simples e divertida, mas que também é um exercício para ele, já que você faz com que seu pet gaste energia correndo e também cria um laço entre ambos. E se meu pet for um gato? Você pode se esconder pela casa, chamar o seu pet e quando ele encontrar você, o recompensar ou até mesmo uma simples caixa de papelão, quem sabe um novelo de lã? Com Clínica Veterinária Cucavet.