Ilhabela Turismo

Em reunião da Aprecesp, na Ilha, prefeitos reclamam de atraso nos repasses do Dade

Ilhabela sediou, nesta sexta(16), a 4ª Reunião Ordinária da Aprecesp (Associação das Prefeituras das Cidades Estância do Estado de São Paulo) em 2019. Participaram mais de 30 prefeitos das 70 cidades que integram a associação.

No início da reunião, acompanhada da secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Bianca Colepícolo, a prefeita Mara das Graças Ferreira, a Gracinha, deu boas-vindas aos participantes e destacou a importância da união das prefeituras na defesa dos interesses das cidades turísticas do Estado e do fortalecimento da associação.

Prefeita Gracinha recepcionou os prefeitos na Ilha. Fotos: Ronald Kraag-PMI

O principal tema abordado nessa reunião foi o repasse aos municípios pelo DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias), ligado à Secretaria do Turismo do Estado de São Paulo, que recebeu duras críticas de prefeitos e do deputado estadual, Edmir Chedid.

Entre as críticas e demonstrações de descontentamento dos prefeitos, os números apresentados como repasse do DADE TUR 2019, considerados muito reduzidos; a demora no atendimento dos projetos e repasses e até lentidão e qualidade do atendimento às prefeituras no governo.

O representante do governo estadual na reunião, Marcelo de Lima Costa, secretário Executivo da Secretaria de Turismo, fez uma prestação de contas dos recursos do DADE TUR 2019 e respondeu as principais críticas. Segundo os números apresentados por ele, foram R$ 91 milhões de janeiro a agosto desse ano, enquanto no mesmo período de 2018 foram R$ 48 milhões.

Lima Costa falou que os novos projetos seguiram uma análise que obedece seis critérios, entre eles a capacidade para manter e incrementar ou requalificar o fluxo turístico; a consistência entre os objetivos do projeto e as possibilidades de estruturação do destino e por últimos e também a contribuir para o processo de desenvolvimento regional, além de outros três pilares.

Sobre as críticas, Costa Lima alegou que nas últimas reuniões a relação com os 70 prefeitos da Aprecesp tem avançado e destacou a importância da aprovação dos projetos. “Sem projetos ninguém receberá recursos. É a lei”, disse. Ele defendeu o governo atual, alegando estar pagando obras das gestões passadas e afirmou que se receber denúncia formal de prefeitos sobre atendimento inadequado determinará abertura de processo administrativo para apuração.

Ao encerrar o evento, que durou cerca de três horas, a prefeita Gracinha parabenizou a Aprecesp pela qualidade da reunião, destacou o desafio do governo estadual para atender as demandas apresentadas e reiterou a importância da união de todos no trabalho de fortalecimento dos interesses dos municípios.

A prefeita convidou a todos para o Boulevard do Camarão, que faz parte do 24º Festival do Camarão de Ilhabela, realizado em dois finais de semana (16 a 18 e 23 a 25) com intensa programação cultural e gastronômica no Centro Histórico da cidade.

O Boulevard do Camarão é um espaço para integrar turistas e moradores e proporcionar várias atividades, como apresentações musicais de grandes nomes da MPB, cozinha-show com chefs renomados de Ilhabela e de outras regiões; além de concursos amadores de chef e ainda sessões de cinema.

Além dos prefeitos e secretários municipais das cidades que integram a Aprecesp, estiveram presentes à reunião os vereadores de Ilhabela, Marquinhos Guti (presidente da Câmara), Anísio Oliveira, Mateus Pestana, Nancy Zanato e Luiz Paladino.

error: Alerta: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: