Ilhabela Turismo

Ilhabela recebeu 64 navios na temporada de cruzeiros. Comércio faturou R$ 73 milhões

Chegou ao fim a temporada de navios de cruzeiros em Ilhabela. O último navio, da temporada 2018/2019, atracou na ilha, no domingo (31). Segundo a prefeitura, os turistas trazidos pelos navios deixaram R$ 73 milhões no município. Ilhabela se consolida cada vez mais como uma das cidades mais procuradas pelos “cruzeiristas” do país e do exterior.

Ao todo, o porto de Ilhabela recebeu 64 embarcações, que movimentaram o trade turístico, representando uma injeção direta de R$ 3,5 milhões, somente com a prestação de serviços do receptivo e arrecadação de taxas.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ilhabela (Acei), Rafael Moraes, analisou, junto aos comerciantes, que “a temporada de cruzeiros superou as expectativas em relação ao maior período, de novembro a março, e ao nível superior do ticket médio dos passageiros.

Ilhabela recebeu 64 escalas na temporada 2018/2019

Só na parte de transportes, 60 mil pessoas atendidas, fazendo a roda da economia girar, comprando souvenir, gastando no comércio local e principalmente conhecendo o destino, porque eles têm uma amostra grátis do que é Ilhabela, e a gente sabe, por meio de pesquisa, que 97% desses turistas retornam”, pontua.

Indiretamente, a movimentação de bares, quiosques, restaurantes e lojas representaram uma injeção de R$ 70 milhões, considerando que cada turista gasta em média R$ 272, de acordo com dados da FGV. A rede hoteleira também é beneficiada com a atividade, uma vez que o turista desembarca, divulga e retorna para conhecer mais a cidade.

“É um trabalho onde toda economia do município é beneficiada, já que muitos são atingidos indiretamente, como hotéis e pousadas e o comércio em geral. Então, desde o pipoqueiro que trabalha na Vila, até a barbearia de um bairro afastado acabam ganhando, já que o crescimento de renda e emprego eleva o poder de consumo em toda a ilha”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Ricardo Fazzini.

Além do aumento de 15% das escalas em relação a temporada passada, outra conquista da gestão foi a parada de quatro novos navios: o MSC Seaview, o maior cruzeiro a passar pela costa brasileira, com 5,5 mil passageiros a bordo; os internacionais Celebrity Eclipse e Azamara Pursuit, linha de cruzeiros de luxo do grupo Royal Caribbean; e o Phoenix Artania, um navio conceito, com passageiros alemães.

 “Essas escalas de navios mais exclusivos são resultado do trabalho desta Administração, que investiu em infraestrutura e capacitação do trade para se tornar referência como destino turístico no mercado de cruzeiros. Vale ressaltar que os turistas destes navios são os que mais contribuem com a economia, nos serviços de excursões e passeios, e em lojas, bares e restaurantes”, explica o secretário.

Desde a última temporada, o arquipélago possui um novo modelo de desembarque, locado pela Prefeitura, com três terminais flutuantes, que permite a operação simultânea de até três navios, totalmente aprovado pelas empresas de cruzeiro e regularizado, em 2018, pela Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários).

“Esse ano foi testada a operação de desembarque por fornecedores do município, permitindo a entrada de novas companhias que não operam mais com tender (barco de apoio), movimentando ainda mais a cidade. O equipamento está sendo retirado para manutenção, após funcionar por um ano inteiro. Vamos avaliar a compra e levar o poder de decisão para a sociedade civil organizada, por intermédio do Conselho Municipal de Turismo, o Comtur”, disse Fazzini.

De acordo com o presidente da Clia Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), Marco Ferraz, essa temporada de cruzeiros teve um balanço positivo.

“Nós tivemos um crescimento de 15% na oferta este ano. É a segunda temporada que temos um aumento de dois dígitos e isso traz pra gente um retorno de crescimento que se confirma para a próxima temporada. Estamos felizes com essa pequena retomada. Ilhabela é um destino consolidado e esse investimento em infraestrutura de píeres ajuda na parada simultânea de navios e traz mais conforto para o cruzeirista, para a empresa e para a Prefeitura, foi um ganho para todo o setor. Temos acompanhado outras ações, como a promoção da cidade e a presença do município nas feiras e encontros, e esse contato com as companhias é importantíssimo”, afirma Ferraz.

Para o prefeito Márcio Tenório, as expectativas foram superadas e o sucesso da temporada reflete o trabalho da gestão. “Nós estamos reconquistando nossa posição como destino de cruzeiros, lembrando que recebemos a cidade com 37 escalas. Vamos trabalhar agora para conquistar uma próxima temporada ainda melhor”, diz.

 Seatrade 2019

Entre os dias 8 e 11 de abril, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, participará da Seatrade Cruise Global 2019, maior feira internacional do segmento.

A Seatrade Cruise Global é a principal exposição e conferência internacional que atende o setor de cruzeiros, reunindo compradores e fornecedores durante quatro dias em Miami.

O município terá a oportunidade de mostrar seus produtos e serviços aos atores influentes do mercado. “Essa é a feira mais importante da indústria de cruzeiros, e a presença de Ilhabela é fundamental para o aumento das escalas e, principalmente, a qualidade dos navios na cidade. Vamos atingir nossa meta, que é aumentar a movimentação da economia e de recursos para a cidade”, afirma o secretário Ricardo Fazzini, que participa da Seatrade há 19 anos ininterruptamente.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: