Ilhabela Meio Ambiente

Ilhabela: Operação Praia Limpa 2019 vai priorizar a limpeza do oceano

A 9ª edição do projeto irá conscientizar a comunidade, ocupantes das embarcações, pescadores e visitantes sobre a importância de manter as águas limpas para preservar a vida dos animais marinhos e a saúde da população

O mês de fevereiro inicia, e junto dele, o objetivo de educar e conscientizar os banhistas sobre a importância do descarte correto do lixo também.

A campanha de Conscientização e Educação Ambiental, Operação Praia Limpa, que tem o apoio da Prefeitura Municipal de Ilhabela começa na ilha neste sábado(2), e esse ano tem como foco a preservação do oceano e da vida marinha que está em extinção.

Sabendo que cerca de 95% do lixo encontrado nas praias brasileiras é composto por itens de plástico, como garrafas, copos descartáveis e canudos, essa edição irá reforçar a importância de manter as praias e águas limpas para preservar a vida dos animais marinhos e a saúde da população que frequenta as belas praias de Ilhabela.

Ao longo da campanha serão realizadas ações para recolher o lixo marinho com abordagens e blitzes marítimas, distribuição de sacolas retornáveis ecológicas, flyers educacionais e retirada de lixo marinho.

De Norte a Sul do arquipélago, a equipe da Operação Praia Limpa percorrerá por mar abordando as embarcações e os banhistas, conscientizando sobre a forma correta do armazenamento e descarte dos resíduos para reciclagem.

Além disso, como parte das ações, serão feitos mergulhos para retirada de resíduos submarinos, limpeza de costeiras e píeres e mutirões de limpeza nas praias das comunidades.

Atenção nas comunidades

As ações nas comunidades tradicionais serão intensificadas nesta edição, pois nesses locais ainda existem muitas dúvidas com relação ao descarte correto de resíduos como óleo de cozinha, pilhas, tralhas de pesca e embalagens plásticas.

Expedições e palestras, com mutirões de limpeza e mergulho nas comunidades tradicionais como Castelhanos, Bonete, Praia da Fome, Serraria, Saco do Eustáquio, Ilhas de Búzios e Vitória serão realizadas.

Apesar do grande dano que o lixo pode causar aos animais marinhos, a equipe da Operação Praia Limpa quer reforçar que o plástico descartado de forma inadequada também pode prejudicar a própria população, por conter produtos químicos que contaminam a água, o solo e, consequentemente, a vida marinha que para as comunidades tradicionais, além de seu sustento também faz parte do alimento do dia a dia.

Todos os resíduos coletados e retirados das águas, praias, costeiras e submarinos serão registrados e destinados ao Aterro Municipal para o correto destino.

Em edições anteriores da Operação Praia Limpa foram recolhidas e destinadas corretamente em Ilhabela mais de duas toneladas de resíduos abandonados no meio ambiente.

“Contamos com o apoio de toda população, turistas, visitantes e moradores das comunidades para reduzirmos e minimizarmos o impacto estético do arquipélago, preservando a vida marinha, fomentando um turismo de qualidade.

Nossa missão é proporcionar melhor qualidade de vida para nossa população presente e às futuras gerações”, finaliza o diretor do Projeto Operação Praia Limpa, Rogério Vieira Lima Muniz.

Deixe um Comentário

O Tamoios News isenta-se completamente de qualquer responsabilidade sobre os comentários publicados. Os comentários são de inteira responsabilidade do usuário (leitor) que o publica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: