Caraguatatuba Cidades

Prefeitura autua CEF por aglomeração em agência

A agência da Caixa Econômica Federal (CEF), de Caraguatatuba, foi autuada pela Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde, para que cumpra os decretos estudais no sentido de demarcar os locais no chão e providenciar o distanciamento dos clientes. Nesta terça-feira (14/04), a Polícia Militar foi acionada para conter a aglomeração registrada do lado de fora do banco.

Desde que o governo federal anunciou o pagamento de R$ 600, como auxílio emergencial ao cidadão, para trabalhadores impactados pela pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19), as filas e aglomerações tem sido uma constante em frente à agencia bancária que também reduziu o número de funcionários.

Em resposta a questionamento feito pelo Procon de Caraguatatuba, a  gerência da unidade informou que são sete bancários trabalhando, o que representa 30% da equipe. Com a notificação, o banco tem 10 dias para se defender, e pode ser autuado em até 1.000 Valor de Referência do Município (VRM), o que equivale hoje a R$ 3.570.

O banco solicita que a população fique atenta sobre a necessidade de ir a agência quando muitos dos serviços podem ser feitos pela internet. “Asseguro que mais de 50% dos clientes não precisavam vir até a unidade”, informou o banco ao órgão fiscalizador.

Ainda de acordo com a gerência, há um calendário que deve ser observado para a liberação do pagamento. “Não fazemos o cadastramento por aqui e o dinheiro não será liberado antes do prazo”, reforça.

Pessoas dos grupos de riscos e preferenciais são atendidos na única agência da cidade das 9h às 10h e o restante da população das 10h às 14h. “Já colocamos informes na agência e temos quatro pessoas do lado de fora, além das marcações de distanciamento no chão”, conclui as informações da CEF.

Para saber se tem direito e se cadastrar no auxílio emergencial ao cidadão é preciso entrar nos sites abaixo: